Pensamento filosofico

Páginas: 10 (2386 palavras) Publicado: 13 de maio de 2013
| | |
Pensamento Político: Hobbes e Locke
Durante o século XVII, o confronto entre o rei e o Parlamento gerou correntes de pensamento político que se dividiam na defesa de um e de outro lado.
Destacaram-se os filósofos THOMAS HOBBES (1588/1679), ferrenho defensor do absolutismo e JOHN LOCKE (1632/1704), teórico do liberalismo.
THOMAS HOBBES E 0 ABSOLUTISMO
Em 1651 durante a República deCromwell, surgiu em Londres livro, denominado "Leviatã, ou a Matéria, a Forma e o Poder de um Estado Eclesiástico e Civil", que se tornou uma das maiores obras políticas de sua época. Seu autor, Thomas Hobbes, realista convicto, sentia-se desgostoso com os acontecimentos em sua pátria (confronto rei X parla mento, guerra civil, execução de Carlos I) e em sua obra, defendeu monarquia e o poder absoluto.Escolheu o título de "Leviatã" (monstro que governou o caos primitivo), indicando a concepção que faz do Estado, como um monstro todo poderoso.
Hobbes nos ensina que, no início, todos os homens viviam no Estado natural ", sem estarem sujeitos a qualquer lei. Por isso, não via segurança, pois a luta de uns contra os outros era constante, de escapar a esse estado de guerra, os indivíduosestabeleceram entre si um ''contrato", pelo qual cediam todo os seu direitos a um sob suficientemente forte para protegê-los contra a violência, dando origem a uma sociedade política, o Estado. A vontade única do soberano vai representar a vontade de todos.
Tal representante pode ser um homem (constituindo o Estado uma Monarquia), uma assembléia de todos os homens (constituindo uma democracia) ou umaassembléia de uma parte dos homens (constituindo uma aristocracia). Entre todas as formas de governo, a melhor é a monarquia absoluta, porque parece a mais distanciada do "estado de natureza", uma vez que na Monarquia, "o interesse pessoal do soberano é o mesmo que o interesse público."
Hobbes sustenta que ao rei é lícito tudo, inclusive governo despoticamente, não porque fosse escolhido por Deus, masporque fosse escolhido por Deus, mas porque o povo lhe deu o poder absoluto (ou soberania), que não pode ser dividido, sob pena de ser destruído, Hobbes defende assim o absolutismo, sem fazer qualquer referência ao direito divino dos reis.
Entre as características da soberania encontra-se a de promulgar e abolir as leis, sendo o rei o único poder legislativo. (Essa reflexão está relacionada com omomento histórico em que Hobbes viveu: a disputa entre o rei e o parlamento que deu origem à guerra civil, isto é à dissolução do Estado. Por isso ele considera que o poder soberano, não pode estar dividido entre o monarca e o orgão legislativo,).
A propriedade individual é também uma concessão do monarca, pois antes de existir a soberania do Estado, ninguém podia gozar em segurança de suasposses.
Dessa forma, o governante pode, ao seu arbítrio, limitar ou distribuir as propriedades. Ao serem publicadas em 1651, as idéias do "Leviatã", de submissão à autoridade, já estavam sendo ultrapassadas pelos fatos, na Inglaterra Quem mais se beneficiou com tais ensinamentos foi à França de Luís XIV, que nesse momento enfrentava a Fronda, a revolta dos nobres.
JOHN LOCKE E 0 LIBERALISMO
Já o escritoringlês John Locke (1632/1704) personificou, na Inglaterra do final do século XVII, as tendências liberais opostas às idéias absolutistas de Hobbes.
Partidário dos defensores do Parlamento, seu "Ensaio sobre o Governo Civil" foi publicado em 1690, menos de dois anos depois da Revolução Gloriosa de 1688, que, destronou o rei Jaime II.
0 ponto de partida de Locke é mesmo de Hobbes isto é, o "estadode natureza seguido de um "contrato" entre os homens, que criou a sociedade e o governo civil. Mas, Locke chega a conclusões opostas às de Hobbes pois, sustenta que, mesmo no estado de natureza, o homem e dotado de razão. Dessa forma, cada indivíduo pode conservar sua liberdade pessoal e gozar do fruto de seu trabalho. Entretanto, nesse estado natural faltam leis estabelecidas e aprovadas por...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • pensamento filosofico
  • pensamentos filosoficos
  • Pensamento filosófico
  • Pensamento Filosófico
  • pensamento filosofico
  • Pensamento Filosofico
  • pensamento filosofico
  • O que é o Pensamento Filosófico?

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!