Pensamento do Seculo XIX

Páginas: 20 (4824 palavras) Publicado: 4 de janeiro de 2015
Pensamento do século XIX
Contextualização: Revolução Francesa (1789-1799): considerada pela periodização ocidental, o marco inicial da era contemporânea – ideais de liberdade, igualdade e fraternidade. Movimento liderado, majoritariamente, por burgueses, que após considerável ascensão econômica reivindicam participação política e a construção de um novo modelo de sociedade
A partir de meadosdo século XVIII, o capitalismo foi se consolidando em diversos países da Europa Ocidental.
A Revolução Industrial atingiu amplos setores da economia: produção de manufaturas, agricultura, comércio, transporte
Progresso técnico e científico: Oficinas se transformam em fábricas – máquinas substituem antigas ferramentas;
As fontes energéticas são substituídas – água, vento e força muscular dãolugar ao carvão, à eletricidade e ao petróleo;
Inúmeras inovações tecnológicas, podemos destacar: aço, locomotiva elétrica, motor a gasolina, automóvel, motor a diesel, avião, telégrafo, telefone, fotografia, cinema, rádio...
Estes avanços fortaleceram a crença na razão humana...o progresso humano e a ciência eram vistos com entusiasmo – fios condutores da humanidade.
Desigualdades e desumanização:Exploração do trabalho: surgem aspirações dos trabalhadores urbanos e do campesinato, que anseavam melhores condições de vida.
Os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade suscitaram a esperança de que o progresso beneficiaria a todos, mas não foi o que ocorreu.
Conflitos sociais no contexto do capitalismo industrial: de um lado a burguesia (industrial, financeira, comercial); de outro,os trabalhadores dos campos e das cidades.
Correntes socialistas: questões sociais e políticas ganham destaque nas reflexões filosóficas do século XIX – paulatinamente a crença na razão, em diversos sentidos, entra em declínio.
Romantismo: No início da Idade Contemporânea, o romantismo destaca-se na busca pela resolução dos dilemas humanos.
Movimento cultural que se iniciou no final do seculoXVIII e se desenvolveu no decorrer do século XIX, na arte e na filosofia. De maneira geral, foi uma reação ao espírito racionalista que pretendia orientar a sociedade. Entendia que a racionalização e a mecanização caracterizaram o mundo industrial e previu a ameaça que esse processo representava para a expressão humana, alertando que os sentimentos individuais estariam em segundo plano.Caracterização do Romantismo: Exaltação do indivíduo, sua subjetividade e suas emoções, da natureza e da pátria;
Valorização das paixões e dos sentimentos valorosos – emergem a intuição e a emoção contra a supremacia da razão – a afirmação do amor contra a frieza da racionalidade. (resposta às insatisfações humana em relação aos anseios de liberdade)
Natureza como força vital: resistência àracionalização tecnológica – inconformidade com o mundo urbano industrial. Natureza exaltada e vista com misticismo – recuperação da sensação de plenitude.
Concepção mística e emocional da divindade: para os românticos, Deus fala a língua do coração, não a da razão;
Desenvolvimento do nacionalismo: amor pela pátria, valorização das tradições nacionais;
Anseio por liberdade individual;
Romantismo nasartes e na filosofia: Nas artes, destaque para os poetas alemães: Schlegel, Novalis, Hölderlin; e para os escritores Schiller e Goethe – equilíbrio entre o romantismo e o iluminismo.
Na música destacam-se os compositores alemães Beethoven, Schumann e Brahms, o austríaco Schubert e o polonês Chopin;
Na filosofia, o romantismo não é uma corrente facilmente identificável, mas suas característicasestão presentes, por exemplo, em Rousseau – reservas em relação à crença no progresso, bom selvagem.
O idealismo alemão, importante movimento filosófico do século XIX, também irá resgatar aspectos nacionalistas e de valorização do povo e da pátria.
A fundação do positivismo: Doutrina criada por Augusto Comte (1789 – 1857), consolidação e valorização do método científico das ciências positivas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pensamentos do Século XIX
  • Trajetória do Pensamento Educacional Brasileiro nos séculos XIX e meados do século XX
  • O século XIX
  • Seculo XIX
  • Seculo XIX
  • seculo xix
  • Século XIX
  • século XIX

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!