Pedagogia do oprimido

Páginas: 7 (1707 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
Universidade Estadual do Paraná- Unespar
Campus de União da Vítória
Acadêmica: Patricia Lorensini
Curso: Ciências Biológicas/ 1° ano/ Noturno
Disciplina: Psicologia da Educação
Professora: Roseli Vergopolan
Quem foi Paulo Freire?
Paulo Reglus Neves Freire, pernambucano, nasceu em Recife, no dia 19 de setembro de 1921. Freire foi um educador, pedagogista e filósofo brasileiro. É Patronoda Educação Brasileira.
Uma das motivações para a sua elaboração pedagógica partiu de seus estudos sobre a linguagem do povo. Paulo Freire participou do Movimento de Cultura Popular (MCP) do Recife; do Serviço de Extensão Cultural da Universidade do Recife, sendo um dos seus fundadores e primeiro diretor. Destaca-se, principalmente, o trabalho realizado em Angicos, no Rio Grande do Norte, em1962, onde começaram as primeiras experiências de alfabetização – o Método Paulo Freire. Em 1963, é chamado a Brasília para coordenar, no MEC, a criação do Programa Nacional de Educação.
O golpe militar de 1964 reprimiu todos os trabalhos de mobilização popular. Paulo Freire foi acusado de subverter a ordem ao utilizar suas campanhas de alfabetização, sendo preso e exilado por mais de 15 anos.Esteve em países como Chile, Bolívia, Suíça, Tanzânia e Guiné-Bissau. Participou de consultorias educacionais e desenvolveu programas de alfabetização. Em 1980, voltou ao Brasil e assumiu cargos de docência na PUC – SP e na Unicamp. Entre 1989 e 1991, na gestão de Luiza Erundina (PT), trabalhou como secretário da Educação da Prefeitura de São Paulo.
É autor de uma vasta obra traduzida em váriaslínguas. Dentre os livros mais conhecidos estão a Educação como Prática da Liberdade e a Pedagogia do Oprimido.
Paulo Freire é considerado um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica.
Paulo Freire morreu em 2 de maio de 1997, em São Paulo, vítima de um infarto agudo do miocárdio.

RESUMO DO LIVRO “PEDAGOGIA DOOPRIMIDO”
No livro Pedagogia do Oprimido, Paulo Freire faz uma observação crítica do opressor Vs. oprimido.
Em seu primeiro capítulo intitulado “justificativa da pedagogia do oprimido”, Freire discute o processo de desumanização causada pelo opressor a seus oprimidos. Ele relata, que a forma de imposição que o opressor envolve o oprimido,e faz com estes sejam menos, ou seja, vejam-se em condições ondeele precise de alguém que exerça poder sobre si. Neste capítulo Paulo Freire desenvolve duas definições importantes: a de revolução e a de contradição. Para o autor, uma revolução no campo da opressão, por buscar mudanças daqueles que dominam, acabam gerando novos opressores e oprimidos. Já na contradição o opressor se reconhece como o tal e o oprimido consegue vê-se subjugado por outro. É acontradição que gera a consciência. Mas a autor atenta que o processo de libertação da opressão deve acontecer de maneira cuidadosa para que os opressores não venham a ser novos oprimidos. A condição de sentir-se homem livre deve ser vista e sentida por ambas as partes. A libertação do estado de opressão é uma ação social, não podendo portanto, acontecer isoladamente. O homem é um ser social e porisso, a consciência e transformação do meio deve acontecer em sociedade.
Em todo o decorrer do seu livro, o autor busca mostrar como a educação no Brasil poderia ser muito melhor, e da ênfase a desigualdade, a marginalização e a miséria do Brasil. Ele coloca que o ensinar a não pensar é algo puramente planejado pelos que estão no poder, para que possam ter em suas mãos a maior quantidade possívelde oprimidos, que se sentindo como fragilizados, necessitam dos que dominam para sobreviverem. Precisamos de uma sociedade crítica, que vai além do seu tempo para que possamos mudar essa triste realidade. Somente quando os oprimidos descobrem , nitidamente o opressor, e se engajam na luta organizada por sua libertação, começam a crer em si mesmos, superando, assim, sua convivência com o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • pedagogia oprimido
  • Pedagogia do oprimido
  • Pedagogia do oprimido
  • Pedagogia Do Oprimido
  • Pedagogia do oprimido
  • Pedagogia Do Oprimido
  • Pedagogia do oprimido
  • Pedagogia do oprimido

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!