Peça júlio césar

Páginas: 5 (1177 palavras) Publicado: 18 de fevereiro de 2013
A peça Júlio César foi escrita em 1599, por William Shakespeare, e se passa em um mundo no qual os interesses cognitivos predominantes e as apreciações dos acontecimentos incluíam componentes surreais. Júlio César foi assassinado por alguns senadores e por Brutos, o preferido de César e o mais lembrado como o traidor. A história se passa na antiguidade clássica, mas os problemas nele retratadosainda podem ser encontrados na contemporaneidade. A disputa pelo poder do Estado, mundividências, legitimação e aceitação do poder pelo povo, são questões bastante recorrentes e ainda insolúveis.
O contexto em que a trama se passa, é marcada por uma república cesariana, em que a soberania encontrava-se na figura de César, situação que pode ser verificada no trecho de um de seus discursos, no qualele afirma ser firme, como a estrela do norte, cuja essência constante e inabalável não encontra paralelo no vasto firmamento. Como é visto na doutrina de Bodin, a majestade soberana legisla sobre os súditos sem o consentimento destes últimos, e a soberania é característica essencial do poder do Estado, possuindo independência perante os poderes internos. Ou seja, César poderia agir sem oconsentimento dos senadores e outros membro estatais, levando em consideração apenas sua opinião e vontade. Ademais, ele desenvolvia uma política de expansão territorial do tipo anexação, onde ocorre incorporação unilateral, sem fundamento num tratado, de um território alheio, no próprio território do Estado. Assim como hoje, o território constitui um dos alicerces estatais, representando o instrumentode validação da soberania da república, além de ser uma estratégia econômica, já que escravos e terras constituíam riqueza, e a forma de os grandes proprietários, e comerciantes romanos consegui-los era por meio de guerras e conquistas.
A trama é toda impulsionada pela disputa do poder do Estado, em que Cássio aspirando ao poder e invejando a magnitude de César, influencia Brutus – braço direitode César – e outros senadores a conspirarem contra o poderio deste. Vemos presente no discurso de Cássio traços marcantes de uma autoridade carismática, ele utiliza argumentos persuasivos e de manipulação, buscando conquistar o apoio e ajuda dos outros companheiros no seu objetivo de matar César e, assim, conter a ambição deste. Cesar instaurava uma série de reformas econômicas e administrativas, oque gerou grande temeridade de ele se tornar um monarca com poderes absolutos. Como solução a essa realidade, a única saída foi a conspiração, em que César foi morto a punhaladas. Ao contrário dos outros conspiradores, que traíram por inveja e poder, Brutus sacrifica o melhor amigo consagrando-o de maneira formidável, não por ganância, e sim por amor a Roma. Assim como o povo, Brutus possuía umsentimento de afinidade nacional, advindo da cultura e destino político comuns, e é isso que impulsiona sua deslealdade.
Após a morte de César, percebe-se a importância que Cássio, Marco Antônio e Bruto dão à opinião povo e por isso discursam para tentar manipulá-la. Podemos verificar essa situação no discurso de Bruto, em que ele diz: “Não foi por amar menos a César, mas por amar mais a Roma.Que terias preferido: que César continuasse com vida e vós todos morrêsseis como escravos, ou que ele morresse para que todos vivêsseis como homens livres”. E no discurso de Marco Antônio, em que este reverte a situação ao falar: “Vós ouvistes (César) nas Lupercais :três vezes recusou-se a aceitar a coroa que eu lhe dava. Ambição será isso? No entanto, Bruto disse que ele era ambicioso, sendo certoque Bruto é muito honrado” . A aceitação do povo constitui o instrumento de legitimação do poder. É importante para o funcionamento duradouro de uma comunidade estatal que o poder do Estado seja aceito, em boa medida, pelos cidadãos. Todo o poder do Estado repousa na obediência dos súditos, toda atividade destes últimos é obediência transformada. A aceitação ocorre de forma voluntária, através...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Júlio César
  • Julio Cesar
  • Julio Cesar
  • Júlio César
  • Julio cesar
  • Julio Cesar
  • Julio Cesar
  • Julio cesar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!