Pavimento rígido e flexivel

Páginas: 8 (1890 palavras) Publicado: 28 de março de 2012
| |
|ALTERNATIVAS DE PAVIMENTAÇÃO DA Duplicação das Rodovias BR-163/364/MT |
|NOVEMBRO / 2009|
| | | |


SUMÁRIO




1 APRESENTAÇÃO 3

2 DADOS DE PROJETO 3
2.1 Capacidade de suporte do subleito 3
2.2 Tráfego 3

3 Estruturas propostas de pavimentAÇÃO 4
3.1 Pavimento deConcreto 4
3.2 Pavimento Asfáltico 5

4 RESUMO DE CUSTOS e quantidades 5
4.1 Pavimento de Concreto 5
4.2 Pavimento Asfáltico 6

5 CONCLUSÕES 7

6 Considerações finais 8

ANEXO 1 – esquema de camadas pr 10

ANEXO 2 – esquema de camadas pf 11

ANEXO 3 – GRÁFICOS DE CUSTOS DE MANUTENÇÃO DAS ALTERNATIVAS DE PAVIMENTAÇÃO 12

ANEXO 4 – GRÁFICOS DE CUSTOS INICIAIS E VALORESPRESENTES LÍQUIDOS DAS ALTERNATIVAS DE PAVIMENTAÇÃO 14






1. APRESENTAÇÃO


NO PRESENTE DOCUMENTO APRESENTA-SE O ESTUDO DE ALTERNATIVA DE PAVIMENTAÇÃO ELABORADO PELA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIMENTO PORTLAND (ABCP) PARA A DUPLICAÇÃO DAS RODOVIAS BR-163/364/MT, NO TRECHO COMPREENDIDO ENTRE ROSÁRIO OESTE/NOBRES/POSTO GIL, DO KM 2 + 40 AO KM 44 + 761.


O trecho em análise temaproximadamente 9 km de extensão (do km 30 + 672,072 ao km 39 + 500) e seção transversal típica composta por duas faixas de rolamento com 3,60 metros de largura cada uma, acostamento com largura igual a 3 metros e faixa de segurança de 1 metro.


Faz-se a análise técnica e econômica comparativa entre o pavimento de concreto e o pavimento asfáltico, avaliando seus custos de manutenção e custosiniciais (custos de construção), durante o período adotado de 20 anos, e cujos resultados estão mostrados nos Anexos 3 e 4.


Ressalta-se a situação específica, visto que a Obra trata de restauração do pavimento existente e pista nova. Assim, faz-se, aqui, menção isolada para cada um dos casos, quais sejam:


a. Pista restaurada


b. Pista Nova


Nota Importante: Em ambos os casos,a Projetista propôs novos estudos de dimensionamento do pavimento flexível, dadas condições peculiares do tráfego, que, sabidamente, é constituído por eixos sobrecarregados – em projeto executivo final, serão alvos de novos levantamentos estatísticos – merecedores de atenção especial e que, certamente, influenciarão para de forma significativa na concepção de uma estrutura mais pesada.Entretanto, no dimensionamento do pavimento rígido, tal situação já foi contemplada o que, por sua vez, implica a possibilidade de números mais favoráveis ao pavimento rígido quando de uma avaliação final, principalmente no que tange à pista restaurada.


Avalia-se a alternativa de pavimentação rígida tradicional para o segmento de pista nova da Rodovia, incluindo os acostamentos interno e externotambém em pavimento de concreto, bem como a aplicação de uma camada rígida (pavimento de concreto simples) sobre o pavimento flexível existente. Trata-se da tecnologia de pavimentação conhecida como Whitetopping, até nome mais apropriado em Português de consenso do meio técnico, na qual o pavimento flexível existente funciona como camada de fundação.






DADOS DE PROJETO


Naelaboração das análises, os dados de projeto foram fornecidos pela Projetista (ECOPLAN), sendo considerados homogêneos para todo o trecho.


1 Capacidade de suporte do subleito


Para fim de dimensionamento das estruturas de pavimentação, o subleito é definido por sua capacidade portante expressa em função do valor do Índice de Suporte Califórnia (CBR), tomados para cada caso iguais a:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pavimento Rígido x Pavimento Flexível
  • estudos comparativo de projectos de estradas em pavimentos flexivel e rigidos
  • Pavimento Rigido
  • pavimento rigido
  • Pavimento rígido
  • Pavimento rígido
  • pavimentos rigidos
  • Pavimentos Flexiveis

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!