patrimonialismo

Páginas: 7 (1576 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
UNISUZ

EVERSON RODRIGUES MUNIZ JUNIOR 7163
HENRIQUE ______________________________
HENRIQUE ____________________________________







PATRIMONALISTA












SUZANO
2014
UNISUZ

EVERSON RODRIGUES MUNIZ JUNIOR 7163
HENRIQUE ______________________________
HENRIQUE ____________________________________







PATRIMONALISTA

Trabalho apresentado comorequisito parcial para obtenção de nota na disciplina de Teoria Geral da Contabilidade II do curso de Ciências Contábeis da faculdade Unidas de Suzano UNISUZ sob orientação do Prof. Marcio.







SUZANO
2014
SUMARIO

1. Introdução

A escola patrimonialista define o patrimônio como o objeto da contabilidade, pois o mesmo é uma grandeza real que se transforma com o desenvolvimentodas atividades econômicas, cuja contribuição deve ser conhecida para que se possam analisar adequadamente os motivos das variações ocorridas no decorrer de determinado período.

1.1. Outras Definições

Max Weber define o patrimonialismo como uma forma de dominação tradicional, onde inicialmente, foi centrada em estruturas familiares, em especial sobre a autoridade dos pais no seio dasfamílias, ou seja, o patriarcado. Mas patriarcado apenas descreve a forma anterior, a forma menor. Para Weber, monarquias patrimoniais e formas semelhantes de governo eram projeções de patriarcado (o governo do pai dentro da família) em um conjunto mais amplo de relações sociais. Há duas formas principais de patrimonialismo na análise da autoridade tradicional (dominação) de Weber. Uma forma depatrimonialismo é caracterizada por uma estrutura de cima para baixo onde o imperador ou sultão governa com base em sua própria autoridade legítima através de funcionários burocráticos. Em princípio, a Igreja Católica Romana é patrimonial neste sentido tradicional, com o Papa o líder patrimonial. A outra forma de patrimonialismo ainda é de cima para baixo, mas se aproxima do tipo ideal de feudalismo naEuropa Ocidental, com uma base de autoridade legítima fora da autoridade governante. No século 12 na França ou na Inglaterra, por exemplo, poderia ter consistido da aristocracia cavalheiresca. Esta forma feudal do patrimonialismo eventualmente evoluiu para Monarquia Constitucional. O Senado dos Estados Unidos é um vestígio da Câmara dos Lordes, na Inglaterra. Argumento geral de Weber era que com amodernidade, formas patrimoniais burocráticos tradicionais de governo deram lugar ao racionalismo burocrático capitalista moderno, como o princípio fundamental do governo e de se governar.
O professor emérito e historiador russo da Universidade de Harvard, Richard Pipes, define o patrimonialismo como os direitos da soberania e cujos donos se misturam a ponto de serem indistinguíveis, e seu poderpolitico e exercido da mesma maneira de seu poder econômico.


2. ORIGENS da escola patrimonialista

A doutrina que internacionalmente mais se difundiu foi a Patrimonialista, ou seja, a que implantou as ideias do estudo dos fenômenos patrimoniais das células sociais como objeto de estudos da Contabilidade. O criador e líder da doutrina foi Vincenzo Masi, na Itália.
Masi gerou suas ideias nadécada de 20 do século XX e as desenvolveu de forma exuberante nas décadas seguintes até a sua morte nos anos 70. Ele partiu do princípio que absorvera das estruturas culturais de Villa, Besta, Bonalumi, Bornaccini e Rossi, principalmente desses, para erguer todo um arcabouço de raro valor didático e científico.
Masi tomou como fundamento, a visão de que a escrita, os registros, asdemonstrações, são apenas instrumentos para que se possa ter memória de fatos acontecidos com a riqueza da célula social, necessitando, todavia, de explicação e interpretação. Foi por isto que, de forma cristalina, defendeu a autonomia científica do nosso conhecimento, por entender que este possuía requisitos para tal prerrogativa.
O pendor para a ótica patrimonialista havia-se já despertado na França, no...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • patrimonialismo
  • Patrimonialismo
  • Patrimonialismo
  • Patrimonialismo
  • patrimonialismo
  • PATRIMONIALISMO
  • Patrimonialismo
  • PATRIMONIALISMO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!