Patologias associadas a protozoários: trypanosoma cruzi.

Páginas: 6 (1267 palavras) Publicado: 15 de março de 2012
PATOLOGIAS ASSOCIADAS A PROTOZOÁRIOS:
TRYPANOSOMA cruzi.


Resumo

O presente artigo de nível acadêmico tem por objetivo trazer informações sobre a Tripanossomíase Americana ou Doença de Chagas, através de consultas bibliográficas. A patologia é causada por um protozoário da espécie Tripanosoma cruzi encontrado apenas nas Américas, desde o sul dos Estados Unidos até o sul da Argentina e doChile. A transmissão se dá, principalmente, através do triatomíneo (inseto vetor) que ao se alimentar elimina em suas vezes o protozoário Tripanosoma cruzi.

Palavras-chave: Protozoário, patologia, Trypanosoma cruzi.

1. Introdução

A tripanossomíase americana ou Doença de Chagas é considerada ainda hoje, no Brasil e em diversos países da América latina como um problema médico social (1,2).O ciclo biológico do protozoário acontece no hospedeiro invertebrado e vertebrado. O hospedeiro invertebrado ao se alimentar se infectam e adquirem o protozoário na forma tripomastigotas. No estômago do inseto vetor o protozoário se transforma em epimatisgotas, no intestino o epimastigotas sofre divisão binária simples. No reto os epimastigotas voltam à forma tripomastigotas. Nos hospedeirosvertebrados os protozoários penetram pelo local da picada, daí são fagocitados, em seguida transformados em amastigotas que se multiplicam por divisão binária simples. Logo após ocorre uma diferenciação de amastigotas em tripomastigotas que são liberadas da célula hospedeira caindo na corrente sanguínea (figura 1). A Doença possui duas fases: a aguda e a crônica. A crônica por sua fez é subdividida emforma indeterminada, cardíaca, digestiva e nervosa (1).






Figura 1. Ciclo do T. cruzi. 1) penetração do tripomastigota metacíclica (ou tripomastigotas) em uma célula; 2) transformação do tripomastigota em amastigota; 3) essa forma multiplica-se intensamente por divisão binária dentro da célula; 4) rompimento da célula parasitada, liberando tripomastigota; 5) forma tripomastigota nosangue circulante; pode penetrar em outra célula (1) ou ser ingerida pelo triatomíneo (6); 6) forma tripomastigota no estômago do triatomíneo; 7) transformação da forma tripomastigota em epimastigota no intestino posterior do inseto; 8) forma epimastigota em multiplicação por divisão binária; 9) forma epimastigota transforma-se em forma tripomastigota metacíclica no reto do inseto; 10) formatripomastigota metacíclica, nas fezes do triatomíneo, apta a penetrar em células do hospedeiro mamífero. (Ciclo adaptado de Cançado, R. – Doença de Chagas, 1968.)

2. Histórico

Entre 1907 e 1909, Carlos Chagas mudou-se para Lassance, Minas Gerais. Cientista e muito curioso, Chagas passou a pesquisar patologias da região (1). Em 1908, Carlos Chagas ao analisar triatomíneos, encontrou em seu intestinouma espécie de protozoário que vinha a ser chamado de Trypanosoma cruzi (2). Chagas, desconfiando que esses insetos hematófagos pudessem infectar ao homem e outros animais, enviou ao laboratório de Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, insetos infectados onde conseguiu infectar micos, confirmando a suspeita de Carlos Chagas. (1,2) A partir dessa confirmação, Chagas procurou incansavelmente no sangue depessoas e animais residentes daquela região, por aquele protozoário. Em 14 de abril de 1909, ao verificar o estado de saúde de uma menina de 2 anos de idade, por nome Berenice, Chagas encontrou em seu sangue o mesmo protozoário encontrado nos insetos. Consideram Berenice o primeiro caso clínico humano da Doença de Chagas. Naquela oportunidade, Chagas, pode estudar a morfologia e a biologia doparasito no hospedeiro vertebrado e invertebrado (1).

3. Sintomatologia

A fase aguda da doença pode ser sintomática ou assintomática, sendo a assintomática a mais frequente (1). Quando a fase aguda apresenta sintomas há uma decorrência de febre pouco característica e uma reduzida resposta celular a antígenos de T. cruzi. Nessa fase também ocorre relativamente o aumento do fígado e do baço...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trypanosoma Cruzi
  • TRYPANOSOMA CRUZI
  • Trypanosoma Cruzi
  • Trypanosoma cruzi
  • O trypanosoma cruzi e a doença de chagas
  • Trypanosoma cruzi ( doença de chagas )
  • Parasitologia Trypanosoma cruzi Leishmania
  • Protozoarios Aspectos gerais e Trypanosoma

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!