Particularidades da formação histórica brasileira e questão social

Páginas: 6 (1350 palavras) Publicado: 2 de junho de 2013
Particularidades da formação histórica brasileira e questão social

A questão social resultou das relações de exploração do trabalho pelo capital. Entretanto, por ser a variável que provoca as respostas da classe dominante no contexto do capitalismo dos monopólios, por meio das políticas sociais, assim surgiu a necessidade de ampliar a compreensão em torno da "questão social" a considerandotambém em suas dimensões históricas. Por isso é que entre as particularidades da "questão social" no Brasil estão de um lado a super exploração do trabalho, cujo valor sempre precisou ser mantido bem abaixo dos padrões vigentes em outros países, notadamente os de capitalismo desenvolvido, para que o país continuasse atrativo aos seus investimentos produtivos; de outro, uma passivização das lutassociais que historicamente foram mantidas sob controle do Estado e das classes dominante


A revolução industrial não ficou vinculada somente na introdução de maquinas a vapor e da mecanização do meio de produção. Ela foi o marco da “vitória” da indústria capitalista. Onde o empresário, uma nova figura para sociedade, foi aos poucos se tornando detentor das maquinas, das terras e das ferramentas,passando a converter grandes massas humanas em simples trabalhadores despossuídos. No inicio da industrialização houve uma intensificação da pobreza de tal forma, que o ser humano que já era pobre passou a viver como verdadeiros animais, onde seus patrões não mostravam interesse em melhorar as condições de trabalho, somente de intensificar cada vez mais os lucros, independente da forma que fosseobtido.
“A formação de uma sociedade que se industrializava e urbanizava em ritmo crescente implicava a reordenação da sociedade rural, a destruição da servidão, o desmantelamento da família patricial etc. A transformação da atividade artesanal [...] em atividade fabril, desencadeou uma maciça emigração do campo para a cidade, assim [...] engajou mulheres e crianças em jornadas de trabalho depelo menos doze horas [...] ganhando um salário de subsistência.” (Marins, 1994)

O rápido processo de industrialização não somente encheu as cidades com o êxodo rural, mas trouxe conseqüências terríveis para essa nova forma de vida, como o aumento da prostituição, do suicídio, do alcoolismo, do infanticídio, da criminalidade, entre outros problemas sociais que embora já existissem,foi ficando cadavez mais perturbador na vida urbana.
“A desaparição dos pequenos proprietários rurais, dos artesãos independentes [...] tiveram um efeito traumático sobre milhões de seres humanos ao modificar radicalmente suas formas habituais de vida. Estas transformações [...] faziam-se mais visíveis nas cidades industriais, local para onde convergiam todas estas modificações e explodiam suas conseqüências.”(Martins, 1994)
A revolução industrial criou uma nova classe – o proletariado – formada por trabalhadores da indústria, que descontente com seu trabalho promoveram manifestações e formaram os sindicatos, pois descobriram que unindo forças poderiam combater expressivamente os males que os assolavam.
“Um dos fatos de maior importância relacionados com a revolução industrial é sem dúvida oaparecimento do proletariado e o papel histórico que ele desempenharia na sociedade capitalista.” (Martins, 1994)
As desigualdades agravam- se e diversificam- se, e são expressas nas lutas de classe.
“A relação indissolúvel entre trabalho e questão social. O trabalho encontra- se no centro da questão social: tanto as formas de trabalho, quanto a apologia do trabalho [...] a questão social recebediferentes explicações e denominações. Essa tendência de naturalizar a questão social combina-se, no pensamento social brasileiro, com o assistencialismo e a repressão, em uma criminalização ‘científica’ da questão social.” (Ianni, 1992)
O aprofundamento das desigualdades sociais e a ampliação do desemprego atestam se a proposta neoliberal vitoriosa. O discurso neoliberal tem a espantosa façanha de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Particularidades do capitalismo na formação social brasileira
  • Particularidades da Questão Social no Brasil
  • A particularidade historica da pesquisa no serviço social
  • Resumo Questâo Social Particularidades no Brasil
  • A particularidade histórica da pesquisa no serviço social
  • As metrópoles e a questão social brasileira
  • O papel do Judiciario na Formação Histórica Brasileira
  • formação social e politica brasileira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!