Paralisia Facial

Páginas: 21 (5069 palavras) Publicado: 25 de março de 2014
Fundamentação Teórica

O estudo de caso escolhido refere-se a um utente com 50 anos, residente no Vale da Amoreira (Barreiro), que se deslocou ao Hospital Nossa Senhora do Rosário, no dia 9/02/2011, após ter sentido, no início de uma gripe, um formigueiro na face, realizou uma TAC e após a avaliação médica foi diagnosticado com paralisia facial periférica, tendo iniciado fisioterapia no dia 17de Fevereiro de 2011.
Para o desenvolvimento deste estudo de caso, houve consentimento informado por parte do paciente em relação aos procedimentos efectuados, testemunhado pelo docente da instituição, de modo a poderem figurar no presente relatório dados pessoais e clínicos.

Parésia Facial Periférica ou Paralisia de Bell
A Paralisia Facial Periférica (PFP) é uma afecção aguda do nervofacial1, geralmente afectando apenas um lado da face, dependendo da localização da lesão do nervo facial no seu trajecto para os músculos faciais. (Finsterer, 2008)
A PFP decorre da interrupção do fluxo nervoso de qualquer um dos segmentos do nervo facial. O seu acometimento resulta em paralisia completa ou parcial da mímica facial e pode estar associada a: distúrbios da gustação, salivação elacrimejamento, hiperacusia e hipoestesia no canal auditivo externo. (Garanhani et al., 2007)
Em torno de 50% da população acometida por PFP a etiologia é desconhecida. A maior incidência é a idiopática, ou de Bell, e a segunda, é traumática. Hipertensão arterial, diabetes mellitus, viroses, gravidez e puerpério são apontadas como condições associadas. O grau de recuperação da função do nervofacial depende da idade do paciente, do tipo de lesão, da etiologia, nutrição do nervo, comprometimento neuromuscular e terapêutica instituída. A recuperação da lesão do nervo facial pode acorrer em algumas semanas, até quatro anos. (Garanhani et al., 2007)
A disfunção neuromuscular facial (DNF) pode ser definida como uma diminuição da capacidade funcional do nervo facial e dos músculos. Geralmente,os pacientes apresentam défices de força (dificuldade de sorrir ou fechar os olhos), problemas de controlo (sincinesias2), ou dificuldades de relaxamento (músculos hiperactivos). A DNF envolve não só problemas motores, tais como fraqueza, controlo e aumento da tensão anormal dos músculos, mas também problemas psicológicos, a paralisia facial está assim directamente correlacionada com a DNF pelaafecção no nervo facial, interferindo no envio de informações essenciais fundamentais à expressão facial, inibindo expressões como a raiva, surpresa, aversão, medo, angústia e felicidade. O rosto é também o centro de beleza, atracção e interesse sexual, e que identifica um indivíduo como uma entidade única. A paralisia facial também pode afectar a habilidade do paciente para realizar tarefasfuncionais. Pessoas com paralisia facial podem ter dificuldade com excesso de produção de lágrimas e saliva, dificuldade para comer, beber e falar, e dificuldade em fazer expressões faciais. (Brach et al., 1999)Ouvir
Ler foneticamente
 
Dicionário - Ver dicionário detalhado
1. substantivo
1. seguimento
2. perseguição
2. verbo
1. seguir
2. acompanhar
3. obedecer
4. resultar
5. perseguir
6.suceder a
7. costear
8. ir atrás de
9. escoltar
10. inferir
11. ir depois de
Ler foneticamente
 
Dicionário - Ver dicionário detalhado
1. substantivo
1. seguimento
2. perseguição
2. verbo
1. seguir
2. acompanhar
3. obedecer
4. resultar
5. perseguir
6. suceder a
7. costear
8. ir atrás de
9. escoltar
10. inferir
11. ir depois de

Epidemiologia
A PB corresponde a 60% a75% de todas as causas de paralisia facial. (Falavigna et al., 2008)
Estima-se que a incidência da doença seja de 13 a 34 casos por 100.000 pessoas por ano nos Estados Unidos e de 11,5 a 40,2 casos por 100.000 pessoas por ano na Espanha. Afecta ambos os sexos, no entanto a incidência é maior em mulheres grávidas (45 casos por 100.000). A incidência é também mais elevada em pessoas com mais de 70...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Paralisia facial
  • Paralisia Facial
  • Paralisia Facial
  • Paralisia facial
  • Paralisia Facial
  • Fisioterapia na paralisia facial
  • Fisioterapia na Paralisia Facial Periférica
  • Paralisia Facial IMPRIMIR

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!