paralisia cerebral

Páginas: 8 (1821 palavras) Publicado: 6 de novembro de 2014
Original

Rev Port Ortop Traum 21(3): 341-348, 2013

Caracterização das alterações vertebrais em crianças com
Paralisia Cerebral
Sandra Fontes, Nuno Alegrete, Isabel Vieira
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Sandra Fontes
Mestrado Integrado em Medicina
Nuno Alegrete
Assistente Convidado da Faculdade de
Medicina da Universidade do Porto
Isabel Vieira
Diretora Clínica doCentro de Reabilitação
de Paralisia Cerebral do Porto
Faculdade de Medicina da Universidade
do Porto
Submetido em: 9 abril 2013
Revisto em: 15 setembro 2013
Aceite em: 15 setembro 2013
Publicação eletrónica em: 30 setembro
2013
Tipo de Estudo: Diagnóstico
Nível de Evidência: IV
Declaração de conflito de interesses:
Nada a declarar.
Correspondência:
Sandra Fontes
Estrada Nacional13, nº 74 Navais
4495-204 Póvoa de Varzim
Portugal
sandrafontes001@gmail.com

RESUMO
Objetivos: Descrever a prevalência de escoliose numa população
total de crianças com Paralisia Cerebral e analisar a relação entre
escoliose, ângulo de Cobb, função motora (GMFCS) e tipo de Paralisia
Cerebral.
Material e Métodos: Estudo epidemiológico retrospetivo, baseado
nos registos clínicos eimagiológicos de uma população total de
crianças com Paralisia Cerebral, entre os 6 e 12 anos de idade, seguidos
em consulta na Associação do Porto de Paralisia Cerebral.
Resultados: De uma população total de 157 crianças com PC entre
os 6 e 12 anos de idade, 15% apresentavam escoliose. Há uma relação
estatisticamente significativa entre a tetraplegia, o GMFCS nível V e
a presença de escoliose.Conclusões: As crianças GMFCS nível V e tetraplegia têm maior
probabilidade de desenvolver escoliose. Dada a elevada prevalência de
escoliose nas crianças com GMFCS V, este estudo mostra a necessidade
de todas serem rastreadas, pelo menos, após os 6 anos.
Palavras chave:
Paralisia Cerebral, escoliose, prevalência, função motora.
ABSTRACT
Objective: To report the prevalence of scoliosis in atotal population
of children with Cerebral Palsy and analyze the relation between
scoliosis, Cobb angle, motor function (GMFCS) and type of cerebral
palsy.
Material and Methods: A retrospective epidemiological study based
on clinical and radiological records of a total population of children
with Cerebral Palsy, between 6 and 12 years old, followed in the



www.rpot.pt

Volume 21 •Fascículo III • 2013

341

Sandra Fontes, Nuno Alegrete, Isabel Vieira
Association of Porto of Cerebral Palsy.
Results: Of the 157 children with CP between 6 and 12 years old, 15% had scoliosis. There is a statistically
significant relation between tetraplegia, the GMFCS level V and the presence of scoliosis.
Conclusions: Children with GMFCS level V and tetraplegia have a higher probabilityto develop scoliosis.
Due to the high prevalence of scoliosis in children with GMFCS V, this study shows the need for all to be
screened at least after 6 years.
Key words:
Cerebral palsy, scoliosis, prevalence, motor function.

INTRODUÇÃO
A Paralisia Cerebral (PC) é uma encefalopatia que
afeta o cérebro imaturo, levando à disfunção motora
permanente [1,2].
A primeira definição deParalisia Cerebral foi
descrita por Bax em 1964 como “um distúrbio do
movimento e da postura devido a um defeito ou
lesão do cérebro imaturo”[ 3]. Atualmente definese PC como “um grupo de desordens permanentes
do desenvolvimento do movimento e da postura,
causando limitações funcionais que são atribuídas a
alterações não progressivas que ocorreram no cérebro
imaturo. As alterações motoras daParalisia Cerebral
são frequentemente acompanhados por alterações
da sensação, perceção, cognição, comunicação
e comportamento, por epilepsia e por problemas
músculo-esqueléticos secundários”[4].
A Paralisia Cerebral é classificada segundo
c o n s i d e r a ç õ e s a n a t ó m i c a s e m o t o r a s [ 3,5] .
Anatomicamente é classificada como diplegia,
hemiplegia e tetraplegia (mais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • paralisia cerebral
  • Paralisia cerebral
  • Paralisia cerebral
  • Paralisia cerebral
  • Paralisia cerebral
  • Paralisia Cerebral
  • Paralisia cerebral
  • PARALISIA CEREBRAL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!