Paper configuracões de sinais nas escolas

Páginas: 14 (3490 palavras) Publicado: 7 de maio de 2011
CONFIGURAÇÕES DE SINAIS NAS ESCOLAS

Paula Ribeiro

Prof.ª Katia Solange Coelho Rafaeli
Prof.ª Maria Dalma Duarte Silveira

Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI

Licenciatura em Pedagogia (PED9281) – Língua Brasileira de Sinais-Libras
22/11/2010

RESUMO

O objetivo geral deste trabalho é buscar conhecimentos dos fundamentos filosóficos, históricos,sociológicos e econômicos da Educação de Surdos para que seja possível identificar a língua de sinais, seus espaços, sua possibilidade da emergência de posições didáticas e sua percepção como língua de um povo. A história da educação de surdos não é uma história difícil de ser analisada e compreendida, ela evolui continuamente apesar de vários impactos marcantes, no entanto, vivemos momentoshistóricos caracterizados por mudanças, turbulências e crises, mas também de surgimento de oportunidades.

Palavras-chave: Língua de Sinais; Surdos; Escola.

1 INTRODUÇÃO

Durante muitos anos, os deficientes auditivos se comunicam com outras pessoas através dos gestos ou de dicas visuais. Conforme a população de surdos foi crescendo, as pessoas começaram a padronizar os sinais, construindo umvocabulário e gramática ricos, que existem independentemente de qualquer outra língua. Um observador casual de uma conversa de linguagem dos sinais pode descrevê-la como graciosa, dramática, nervosa, engraçada ou irritada, mesmo sem saber o que um único sinal quer dizer.

Existem centenas de linguagens de sinais, onde houver surdos, você os encontrará se comunicando com vocabulário egramática específicos. Dentro do mesmo país encontramos variações regionais e dialetos: como em qualquer língua falada, é possível encontrar pessoas em regiões diferentes que transmitem o mesmo conceito de formas distintas.

A maioria dos usuários da linguagem dos sinais acha difícil aprendê-las nos livros e por meio de figuras estáticas. O jeito que uma pessoa sinaliza um conceito pode dizermais sobre seu significado do que o sinal em si. As figuras não capturam as nuances que são intrínsecas à comunicação clara da linguagem de sinais e, às vezes, é difícil sinalizar os movimentos que alguns sinais exigem sem vídeo, animação ou demonstração ao vivo.

Embora seja verdade que não é necessário pronunciar nada ao usar a linguagem de sinais com outra pessoa, a maioria das pessoas aindachama o processo de comunicação através da linguagem de sinais de “falar”.

2 DEFICIENTE AUDITIVO, SURDO OU SURDO-MUDO?

Segundo FENEIS (Federação Nacional dos Surdos), o surdo-mudo é a mais antiga e incorreta denominação atribuída ao surdo, e infelizmente ainda utilizada em certas áreas e divulgada nos meios de comunicação. Para eles o fato de uma pessoa ser surda não significa que elaseja muda. A mudez é outra deficiência. Para a comunidade surda, o deficiente auditivo é aquele que não participa de Associações e não sabe Libras, a Língua de sinais. O surdo é o alfabetizado e tem a Libras (Língua Brasileira de Sinais), como sua língua materna.

O surdo é o individuo em que a audição não é funcional para todos os sons e ruídos ambientais da vida, que apresenta altosgraus de perda auditiva prejudicando a aquisição da linguagem e impedindo a compreensão da fala através do ouvido, com ou sem aparelhos, necessitando de próteses auditivas altamente potentes. Temos também a hipoacusia auditiva, termo usado para designar a perda parcial de audição, sendo mais freqüente nos idosos. Existem três tipos de perda de audição que são:

Perda Condutiva: Quando a perdaauditiva se deve a um problema físico no ouvido externo ou médio. Costuma  ser o resultado da fixação após a fratura do estribo, um dos três ossinhos do ouvido médio que transmitem o som através do mesmo até o líquido do ouvido interno. A maioria não são permanentes podem ser tratadas com medicamentos ou cirurgias.

Perda Senso-neural: Acontece quando o som é passado do ouvido...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Escola de configurações
  • O TEATRO NA ESCOLA PAPER
  • Etica na escola, elaborar um paper
  • Paper Escola e Sociedade 24
  • Paper: A ESCOLA E A PEDAGOGIA DE PROJETOS
  • Paper música nas escolas
  • LIBRAS: LÍNGUA DOS SINAIS NAS ESCOLAS REGULARES
  • Língua de sinais, o papel das escolas no aprendizado

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!