Oxigenioterapia

Páginas: 25 (6056 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
III Consenso Brasileiro de
Ventilação Mecânica
Desmame e interrupção da ventilação mecânica
Coordenadora: Rosane Goldwasser
Relator: Augusto Farias
Participantes: Edna Estelita Freitas, Felipe Saddy, Verônica Amado, Valdelis Okamoto

Introdução
Retirar o paciente da ventilação mecânica pode ser mais
difícil que mantê-lo. O processo de retirada do suporte ventilatório ocupa ao redor de40% do tempo total de ventilação
mecânica.(1,2) Alguns autores descrevem o desmame como a
“área da penumbra da terapia intensiva” e que, mesmo em
mãos especializadas, pode ser considerada uma mistura de
arte e ciência.(3)
Apesar disso, a literatura tem demonstrado, mais recentemente, que protocolos de identificação sistemática de
pacientes em condições de interrupção da ventilação mecânicapodem reduzir significativamente sua duração.(4,5)
Por outro lado, a busca por índices fisiológicos capazes
de predizer, acurada e reprodutivelmente, o sucesso do
desmame ventilatório ainda não chegou a resultados
satisfatórios.(6)
Para que esses novos conceitos fossem mais bem
incorporados na prática das unidades de terapia intensiva
brasileiras, o capítulo que trata do desmame ventilatóriofoi
atualizado no presente Consenso.

Definições

O teste de respiração espontânea (método de interrupção
da ventilação mecânica) é a técnica mais simples, estando
entre as mais eficazes para o desmame. É realizado permitindo-se que o paciente ventile espontaneamente através
do tubo endotraqueal, conectado a uma peça em forma de
“T”, com uma fonte enriquecida de oxigênio, ou recebendopressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP) de 5 cm
H2O, ou com ventilação com pressão de suporte (PSV) de
até 7 cm H2O.

Extubação e decanulação
Extubação é a retirada da via aérea artificial. No
caso de pacientes traqueostomizados, utiliza-se o termo
decanulação.
Denomina-se reintubação ou fracasso de extubação, a
necessidade de reinstituir a via aérea artificial. A reintubação éconsiderada precoce quando ocorre em menos de
48 h após a extubação (ou decanulação).

Sucesso e fracasso da interrupção da ventilação
mecânica

O termo desmame refere-se ao processo de transição da
ventilação artificial para a espontânea nos pacientes que
permanecem em ventilação mecânica invasiva por tempo
superior a 24 h.

Define-se sucesso da interrupção da ventilação mecânica
como umteste de respiração espontânea bem sucedido. Os
pacientes que obtiverem sucesso no teste de respiração
espontânea devem ser avaliados quanto à indicação de retirada da via aérea artificial.
Quando o paciente não tolera o teste de respiração
espontânea, considera-se fracasso na interrupção da ventilação mecânica. No caso de fracasso da interrupção da
ventilação mecânica, o paciente deveráreceber suporte
ventilatório que promova repouso da musculatura. Uma
revisão das possíveis causas desse fracasso deverá ser feita
pela equipe assistente, bem como o planejamento da estratégia a ser adotada a seguir – nova tentativa de interrupção
da ventilação mecânica ou desmame gradual.

Interrupção da ventilação mecânica

Sucesso e fracasso do desmame

O termo interrupção da ventilaçãomecânica refere-se
aos pacientes que toleraram um teste de respiração espontânea e que podem ou não ser elegíveis para extubação.

Define-se sucesso do desmame a manutenção da
ventilação espontânea durante pelo menos 48 h após a
interrupção da ventilação artificial. Considera-se fracasso

A retirada da ventilação mecânica é uma medida importante na terapia intensiva. A utilização de diversostermos
para definir este processo pode dificultar a avaliação de sua
duração, dos diferentes modos e protocolos e do prognóstico. Por esse motivo, é importante a definição precisa dos
termos, como se segue:(7,8)

Desmame

J Bras Pneumol. 2007;33(Supl 2):S 128-S 136

III Consenso Brasileiro de Ventilação Mecânica

ou falência do desmame, se o retorno à ventilação
artificial for...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Oxigenioterapia
  • OXIGENIOTERAPIA
  • oxigenioterapia
  • Oxigênioterapia
  • Oxigenioterapia
  • oxigenioterapia
  • Oxigenioterapia EAP SDRA 1
  • Aula 2 Oxigenioterapia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!