Otrabalhodoprofessornoespaçoeducativos

Páginas: 5 (1019 palavras) Publicado: 12 de maio de 2011
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA

KARL MARX

SOCIOLOCIA DA EDUCAÇÃO

Maceió -10 de setembro de 2010

Aluna: Ana Paula da Silva Rodrigues
KARL MARX

O SURGIMENTO DO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTAE A SOCIOLOGIA COMO CIÊNCIA, a SOCIOLOGIA CRÍTICA DE KARL MARX.

Trabalho apresentado ao curso de pedagogia da
UNOPAR Universidade do Pará, para a disciplina
Sociologia da educação.Prof: OKÇANA BATTINI

Maceió - 10 de setembro 2010
Tema: O surgimento do modo de produção capitalista e a sociedade como ciência, o pensamento sociológico clássico (sociologia crítica) de Karl Marx.

A sociologia surgiu como ciência com alguns pensadores que buscaram refletir
Sobre “novos” problemas sociais resultantes principalmente da RevoluçãoIndustrial e das Revoluções Francesas, que instituíram novos paradigmas econômicos, políticos, culturais e sociais.

Mas, para entendemos melhor essas mudanças, é necessário voltamos um pouco mais a história da nossa sociedade, para observamos os acontecimentos que dão base para o modelo de produção capitalista, ou seja, a nossa sociedade.

O surgimento desse modelo é dotado historicamente:final do século XVIII e no início do século XIX, mudando completamente a esfera da européia.

A sociologia consolidou-se como ciência apenas no século XIX, mas as condições que determinaram seu surgimento começaram a se desenvolver bem antes.

Embora não haja uma vinculação direta e automática, os acontecimentos que atingiram a Europa desde o século XV, como as grandes navegações, oRenascimento e a Reforma Protestante, até o século XVIII, como a Reforma Industrial, o Iluminismo e a Revolução Francesa, são fundamentais pares compreensões das condições históricas que fertilizaram o terreno para que a sociologia pudesse surgir e desenvolver-se como ciência da sociedade.

O pensamento da sociologia clássica (sociologia crítica) de Karl Marx

Karl Heinrich Marxnasceu no dia 5 de maio de 1818, em Trier ( Alemanha ), cursou Filosofia, Direito e História nas universidades de Bonn e Berlim.

Karl Marx era de uma família de classe média, sendo seu pai um advogado bem conceituado.

Quando Marx tinha 17 anos ocorreu um fato que mudou definitivamente este jovem, no ginásio da cidade que nasceu, Tréves, seu professor pediu-lhe que se disserta sobre umtema: ‘ Reflexões de um jovem a propósito da escolha de uma profissão’.

“Em sua dissertação, Marx desenvolveu duas idéias que deveriam acompanhá-lo por toda vida. A primeira era a idéia de que o homem feliz é aquele que faz os outros felizes; a melhor profissão é aquela que proporciona ao homem a oportunidade de trabalhar pela felicidade do maior número de pessoas, isto é, pela humanidade. Asegunda era a idéia de que existem sempre obstáculos e dificuldades que fazem com que a vida das pessoas se desenvolva em parte sem que elas tenham condições para determiná-las”.

Na concepção de Marx e seu amigo Engels, o estudo da sociedade deveria partir de sua base material e a investigação de qualquer fenômeno social, da estruturas econômicas da sociedade, que constituíra a verdadeirabase da história humana.

Segundo Marx e Engels os fatos econômicos são a base sobre o qual se apoiavam os outros níveis da realidade, como política, a cultura, a arte e a religião, e com o conhecimento da realidade social deve se converter em um instrumento político, com a capacidade de orientar os grupos e as classes sociais para a transformação da sociedade.

O pensamento marxista...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!