Otavio Ianni

Páginas: 22 (5267 palavras) Publicado: 23 de outubro de 2013

A sociologia brasileira e os primeiros estudos sobre a juventude e o universo estudantil


Fabiano P. Silva1




RESUMO

Os primeiros estudos sobre a juventude e o universo estudantil na sociologia brasileira datam do início da década de 1960. Até então, pouca atenção foi dada às questões relativas aos jovens, os movimentos juvenis e seu papel na sociedade moderna. O presenteartigo toma como objetivo fazer uma síntese desses primeiros trabalhos que contribuíram para o entendimento da juventude enquanto categoria social e que demarcam, desta forma, os primeiros esforços em direção a uma sociologia da juventude no Brasil. Para tanto, vamos nos ater mais especificamente aos textos de Otávio Ianni e Marialice Foracchi, limitando assim o alcance de nosso esforço. Contudo,achamos necessário retomar aqui as contribuições de Karl Mannheim e seu empenho pioneiro no debate sociológico da geração e da juventude lançando, desta forma, as bases para os futuros estudos nesta área.

Palavras-chave: Juventude, movimentos juvenis, sociologia brasileira, Karl Mannheim.


ABSTRACT
The first studies on youth and the student universe in Brazilian sociology date from the early1960s. Until then, little attention was paid to issues relating to young, youth movements and their role in modern society. This article aims to make a synthesis of these early works that contributed to the understanding of youth as a social category and that demarcates, thus, the first efforts toward a sociology of youth in Brazil. For this, we will stick specifically to texts of MarialiceForacchi and Otávio Ianni, therefore limiting the scope of our effort. However, we need to restate here the contributions of Karl Mannheim and his pioneering efforts in sociological debate of the generation and youth interjecting, this way, the groundwork for future studies in this area.
Keywords: Youth, youth movements, Brazilian Sociology, Karl Mannheim.




"Os limites impostos ao prazerexcitam o prazer de viver sem limites".
(Frase pichada por estudantes franceses
durante o maio de 1968).


Introdução


Podemos apontar o início do século XX como marco inicial para os estudos de uma “sociologia da juventude”. Embora questões relativas a este tema já fizessem parte das preocupações investigativas dos teóricos da Escola de Chicago, na década de 20, – que o tratou a partirda questão do desvio social – foi só a partir dos trabalhos de Karl Mannheim que a sociologia avançaria nos estudos deste tema ainda pouco explorado.
É assim que Mannheim, já em 1928, apresenta em seu ensaio “o problema das gerações” questões como: as mudanças geracionais; a transmissão dos bens culturais para as gerações seguintes, bem como a necessidade de novos portadores de cultura para arevitalização da dinâmica social. Desta forma, o autor inaugura os estudos pioneiros dentro do que ficaria conhecido posteriormente como “sociologia da juventude”. Depois dele, vários outros se seguiram na abordagem do universo estudantil; ora estabelecendo um diálogo, ora ressaltando novos aspectos ainda não trazidos pela investigação sociológica.
Foi a partir da segunda metade do século XX –com o constante crescimento do número de estudantes nas grandes cidades da Europa e da América – que iriam ocorrer as primeiras manifestações do contingente estudantil. Para Hobsbawm (1995), o crescimento do universo populacional estudantil, no pós guerra, teria implicações diretas na dinâmica desse novo grupo em ascensão e, por sua vez, na sociedade – como foi o caso do maio de 68. Comoressalta o autor,

“no fim da Segunda Guerra Mundial havia menos de 100 mil estudantes na França. Em 1960, eram mais de 200 mil e, nos dez anos seguintes, esse número triplicou para 651 mil. [...] As consequências mais imediatas e diretas foi uma inevitável tensão entre essa massa de estudantes, em sua maioria de primeira geração, despejada nas universidades e instituições que não estavam física,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo de Otávio Ianni
  • A crise dos paradigmas na sociologia
  • otavio
  • Otavio Jr
  • Fichamento ianni
  • octavio ianni
  • Otavio nunes
  • luis otavio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!