Os problemas de saúde publica no brasil

Páginas: 29 (7169 palavras) Publicado: 29 de abril de 2014
Os problemas de Saúde Pública no Brasil

A saúde é considerada, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como uma condição de bem-estar físico, psíquico e social. A promoção da saúde depende das condições de habitação, lazer, salário, água, esgoto e uma série de outros requisitos e ações. No Brasil, esse problema está relacionado a um desenvolvimento urbano equivocado e ao problema dadistribuição de renda, que é uma das piores do mundo.
Adib Jatene, ex-secretário de Saúde do estado de São Paulo e ministro da Saúde por duas vezes - durante o governo Collor e no primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso, opina que “apesar dos problemas, é preciso reconhecer que o setor de saúde se organizou no Brasil. Não tenho dúvida ao dizer que talvez seja o único do país com políticas públicasabsolutamente claras e estabelecidas. O problema da saúde no país não é a ausência de recursos de alta tecnologia ou profissionais competentes, porque isso nós temos. O nosso desafio é oferecer o acesso à saúde principalmente às populações de baixa renda”.
Levanta-se a questão a respeito de que os profissionais de saúde não moram onde vive a grande massa da população que necessita deles,enfatizando: “por quê? porque ocorreu um desenvolvimento urbano equivocado, e então não existe diversificação profissional e social, principalmente na periferia das grandes áreas metropolitanas. É por isso que uma cidade do interior é muito melhor que a periferia das grandes cidades, pois lá existe diversificação profissional e social”.
A OMS, tendo como base a qualidade da saúde pública oferecida aosseus cidadãos, classificou o Brasil em 125º lugar no ranking mundial entre 191 países. Nessa lista, o País perde até para a Bósnia e Líbano e se iguala ao Egito. Esta realidade é diariamente comprovada pelas filas dos ambulatórios e hospitais públicos nas quais se acotovelam os que precisam de cuidados médicos.
Todavia, especialistas afirmam que o problema não decorre somente da falta de dinheiro,pois o Ministério da Saúde conta com um orçamento da ordem de R$ 26 bilhões, que é dividido entre os 6,5 mil hospitais integrantes da rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Infelizmente todo esse investimento não impede que o cidadão acabe apelando até para o curandeirismo e outras práticas pouco recomendáveis (mães-de-santo, benzedeiras, garrafeiros etc.), para complementar o atendimentomédico-hospitalar.
Todavia, não existem só desgraças. Alguns números são semelhantes aos de países desenvolvidos, como por exemplo os de que 92% dos estabelecimentos de saúde do país estão nos municípios como recomenda a OMS. O programa de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis, em especial da Síndrome da Imuno Deficiência Adquirida (Aids, sigla em inglês, internacionalmente aceita), é reconhecidoe imitado mundialmente por países com o mesmo perfil sócio-econômico. Em 1994 recebemos o certificado de erradicação da poliomielite. No ano de 1999, foram imunizadas 100% das crianças para tuberculose, 98,4% contra o sarampo e 93,6% contra a difteria, tétano e coqueluche, através de programas elogiados pela Unicef.
Mário Cândido de Oliveira Gomes, especialista em doenças infecciosas eparasitárias, destaca que “a saúde oferecida pelo Estado apresenta dois extremos: de um lado, números de fazer inveja ao primeiro mundo, como 0,9 tomógrafos por habitante, enquanto os britânicos 0,7. O Departamento de Urologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) conta com o mais moderno bisturi elétrico do mundo e com um robô que atende a comandos de voz, equipamentos somente encontrados naAlemanha e Estados Unidos”.
Gomes salienta ainda que “o SUS tem milhões de defeitos, porém, apesar dos problemas e da vergonhosa classificação do Brasil no ranking da OMS, é fato que a qualidade da saúde do brasileiro melhorou muito na última década, permitindo prever, afastada a corrupção, a indolência e a má vontade de certos setores da saúde, um progresso ilimitado”.
Enquanto isso, o senador...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Hipovitaminose a no brasil: um problema de saúde pública
  • Crack problema de saúde publica
  • O crack, um problema de saúde pública
  • O problema do crack na saude publica
  • Crack um problema de saude publica
  • Álcool: problema saúde publica
  • O Tabagismo como problema de saúde publica
  • violencia como problema de saúde publica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!