OS PAPÉIS DO PROFESSOR E OS DESAFIOS DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Páginas: 20 (4775 palavras) Publicado: 21 de março de 2014
OS PAPÉIS DO PROFESSOR E OS DESAFIOS DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

*Greice Helena Bueno Coelho
*Solange Francisca da Silva Santos


RESUMO:
Este artigo discute do processo de inclusão na Educação Infantil e todos os aspectos da educação de crianças com necessidades educativas especiais, procurando estabelecer a relação entre inclusão e o desenvolvimento global da criança quenecessite de uma educação especial. Os objetivos principais deste artigo consistem em propostos na educação infantil têm o professor como mediador do processo ensino – aprendizagem, organizado de acordo a promover o desenvolvimento social, afetivo e cognitivo da criança. Neste sentido, descreve- se sucessivamente os passos em busca dessa integração entre inclusão e desenvolvimento da criança. Ele expressaas dificuldades e oportunidades de ensinar as crianças sobre diferenças individuais e sobre a aceitação do outro em suas diferenças.
PALAVRAS-CHAVE: Inclusão. Desenvolvimento. Criança. Aprendizagem
ABSTRACT:
This article discusses the process of inclusion in the childhood education and all aspects of educating young children with special needs, looking for to establish the relation betweeninclusion and global development of child that need a special education. The main aims of this article consist on the purpose that special childhood education has the teacher like mediator of the process teaching-learning, organized according to provide the social, affective and cognitive development of child. In this meaning, describe the successive steps to forward this integration betweeninclusion and development of child. It expresses the difficulty and opportunities to teach children about individual differences and about accepting individuals who are different.

KEY WORDS: Inclusion. Development. Child. Learning.
INTRODUÇÃO
O processo de inclusão como conhecemos e vivenciamos atualmente, desenvolveu – se ao longo da história marcado por forte rejeição e extrema, discriminação,piedade e comiseração, preconceito e até superproteção. Na Grécia Antiga as crianças anormais e débeis eram sacrificadas ou escondidas, na idade média acreditava que deficientes mentais eram possuídos por demônios enquanto aos cegos e surdos eram atribuídos poderes sobrenaturais no pensamento filósofo cristão a crença oscilava entre culpa e expiação de pecados até que com o Santo Tomás de Aquino, adeficiência passa a ser considerada como um fenômeno natural da espécie humana. No renascimento começa a busca por explicações para as causas das deficiências, mas ainda de forma segregada e excludente com caráter assistencialista e terapêutico, na França Charles M. Eppé criou o “Método de Sinais” para a comunicação com surdos, em Paris Valetin Hauy, criou o sistema de leitura e escrita porcaracteres em relevo, aperfeiçoado por Louis Braille que criou o sistema braile, abrindo perspectivas de comunicação, educação e independência para as pessoas cegas. No século XIX o médico Francês Jean Marc Itard sistematiza um método de ensino inspirado na experiência do menino selvagem de Ayeron (sul da frança), que consistia na repetição de experiências positivas. No Brasil, a primeira escolaespecial foi criada em 1854, o Imperial Instituto de Meninos Cegos, no Rio de Janeiro e, em 1857, o Instituto Imperial de Educação de Surdos. Na segunda metade do século XIX as escolas especiais começam a se proliferar por toda a Europa e Estados Unidos, no Brasil em meados do século XX surgem a PESTALOZZI e as APAES, só com o passar do tempo essas deficiências seriam tratadas através do processo deintegração que vivemos atualmente.
No final do séc. XX, as lutas pelo respeito às diferenças culturais e de identidade ganharam visibilidade por meio de manifestações contra o preconceito, a discriminação, a exclusão e a marginalização social. A escola, como espaço social, não pode ficar alheia a essas discussões.
Assim, a idade contemporânea está marcada pelo paradigma da cientificidade, do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PROFESSOR: Seu papel na educação infantil
  • O papel do professor de educaçao infantil
  • O papel do professor na Educação Infantil
  • Os Desafios da Inclusão na Educação Infantil
  • O PAPEL PEDAGÓGICO DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • O papel do professor na educação infantil inclusiva
  • O papel do professor no processo da educação infantil
  • O papel do professor na educação infantil da atualidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!