Os maias

939 palavras 4 páginas
Jantar no Hotel Central

1- Identificar o espaço?
O hotel central tem um espaço social, porque é construído através de ambientes vividos pelas personagens e liga-se ás características da sociedade em que as personagens se inserem. O social esta dividido em ambientais e figurantes.

2- Identificar o ambiente social e os tipos de personagens?
O espaço social comporta os ambientes, onde actuam as personagens que o narrador achou melhor representarem a sociedade portuguesa.
O Hotel Central é o local onde se realiza um jantar oferecido por Ega, com o objectivo de homenagear Cohan, marido de Raquel sua amante. Em termos “funcionais” este jantar serve, no entanto, principalmente para “proporcionar” um primeiro contacto de Carlos com o meio social lisboeta, isto é, com o próprio Cohen, com Tomás de Alencar, Dâmaso Salcede, e outros.

3- Relação da intriga central?
A relação da intriga central é no momento em que Carlos vê Maria Eduarda pela primeira vez, no entanto este não lhe presta a devida atenção, ficando apenas com uma ideia um pouco pormenorizada da figura dela.
4- Assuntos / temas discutidos e criticas feitas?
Temas tratados A literatura e a crítica literária

Estes dois movimentos literários divergem frequentemente ao longo do jantar, tomamos como exemplos as páginas 160, 162, 163 e 164. Finanças

A bancarrota é um dos assuntos polémicos, que critica de forma irónica o país (pág.165,166). Identificámos como principais interveniente e que geram uma maior desordem (neste assunto), João da Ega e Cohen.

História e a política

Segundo Ega, uma invasão seria a solução para a bancarrota e deste modo Portugal sairia revolucionado.

6. Aspecto criticados Naturalismo/Realismo Tomás de Alencar fora o principal e mais contínuo crítico deste tema. Vejamos algumas dessas críticas:
- designa o realismo/naturalismo por: “literatura

Relacionados