Os cinco saberes

Páginas: 13 (3004 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014

OS CINCO SABERES DO PENSAMENTO COMPLEXO






Os cinco saberes do pensamento complexo, nos coloca a refleti um pouco sobre o nosso “eu” e acabamos fazendo uma avaliação critica de como estamos vendo os nossos educando, se estamos sabendo espera o tempo de cada um, como conversamos com eles e se sabemos demonstrar algum afeto por eles.
















“O esforço para areforma do modelo de pensamento que hoje predomina em nossa cultura tem várias vertentes. Muitos são os seus proponentes e diversificadas as suas propostas.”
[...]
“Morin denomina o pensamento complexo: o pensamento do abraço. Eis por que proponho, neste texto, falar sobre o que chamo de cinco saberes do pensamento complexo: saber ver, saber esperar, saber conversar, saber amar e saber abraçar.Todos estão inter-relacionados, abraçados, e por isso dependem uns dos outros para ser vividos em sua plenitude.”

SABER VER

“Jean-Paul Sartre, entre outros, percebeu que nossa existência é confirmada pelo olhar do outro.”
“Uma pessoa se torna uma pessoa por causa das outras”.
“Saber ver é antes de mais nada saber ver os nossos semelhantes. (...)nossos olhos mostra que eles estão orientadospara ver o mundo — isto é, para ver o outro. ”
“o resultado da apropriação do olhar pela cultura dominante — é um dos fenômenos mais alienantes do nosso cotidiano.”
[...]
“As imagens e os símbolos veiculados pela linguagem tendem a quebrar a linearidade do nosso pensamento. Nesse sentido, os mitos são indispensáveis à facilitação das conversações e, em consequência, à formação de consensos.”[...]
“saber ver é saber ver o outro, único ponto de partida humano para começar a enxergar o mundo.”

SABER ESPERAR

“Para nós, não há nada mais difícil do que esperar. A exemplo do que fez com tudo mais, nossa cultura privilegiou a dimensão quantitativa do tempo. Deu primazia ao tempo medido em relação ao vivido. Como a temporalidade medida é, em nossa concepção, igual a dinheiro, e como odinheiro com muita frequência se relaciona a imediatismo, ansiedade e temor, saber esperar reduziu-se a um sinônimo de perder tempo, isto é, perder dinheiro e sentir medo.”
“Transformamos o tempo em uma coisa, uma mercadoria, como mostrou Marx em seus estudos sobre o tema. Na mesma linha, a apropriação do tempo (e a mecanização da gestualidade) das pessoas foi também consagrado como o pontocentral do taylorismo — a “gerência científica” das linhas de produção industrial, que Charles Chaplin satirizou em tempos Modernos.”
[...]
“A concepção linear do tempo tornou possível, como já foi dito, a sua apropriação e transformação em mercadoria — ponto central da filosofia das linhas de montagem industrial e da idéia de produto acabado. (...) e a comercialização do tempo fizeram com que ele setornasse artificialmente escasso e, como tal, objeto de usura.”
“Temos uma enorme dificuldade de compreender que, ao ver o tempo só como um bem de consumo ou moeda de troca, perdemos a sabedoria da espera. Isto é: perdemos uma das dimensões mais importantes da nossa existência. Não sabemos distinguir o tempo cultural do tempo natural e pagamos muito caro por isso.”
[...]
“Do ponto de vistaqualitativo, o tempo não se ganha nem se perde: vive-se. Nas grandes tradições anteriores à judaico-cristã, a temporalidade é circular, reflete a dinâmica dos sistemas da natureza, o que nos mostra que vivemos num mundo de ciclos. Com elas, aprendemos que saber esperar é saber viver.”
“É preciso reaprender a aguardar o nascer do dia, o cair da noite, a chegada de uma estação do ano, as fases da lua,o desenvolvimento de uma ideia. Os ciclos da vida incluem o tempo de espera dos sistemas. Vivemos neles e eles em nós.”
[...]
“Saber esperar não é uma condição que deriva de um conjunto de regras, de um sistema filosófico ou de uma disciplina pragmática. Tampouco é uma condição transcendente, à qual devemos nos curvar movidos pela fé. Trata-se de uma dimensão importante da condição humana, e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Os cinco saberes do pensamento complexo
  • RESUMO: OS CINCO SABERES DO PENSAMENTO COMPLEXO
  • Cinco coisas que você deve saber antes de começar
  • Redação resumindo cinco pontos apresentados no texto ‘’antecedentes e precursores do saber filosófico’’
  • O cinco esses
  • Cinco
  • Saber
  • saber

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!