Os beneficios alcançados pelo governo com a implantaçao das politicas monetária, fiscal e cambial

Páginas: 13 (3110 palavras) Publicado: 2 de outubro de 2012
CENTRO UNIVERSITÁTIO UNA
FACULDADE UNA DE BELO HORIZONTE – BARRO PRETO
Curso Tecnólogo: Processos Gerenciais







ECONOMIA II
Tema: Analise dos benefícios alcançados pelo governo na economia com a implementação da Politica Monetária, Fiscal e Cambial


Hélvia Carla Eleto FariaBelo Horizonte
2012

Introdução
A economia do Brasil tem um mercado livre e exportador. Com um PIB nominal de 2,48 trilhões de dólares (4,14 trilhões de reais),[1][15] foi classificada como a sexta maior economia do mundo em 2011, segundo o FMI (considerando o PIB de 2,09 trilhões de dólares, para 2010) [16], ou a sétima, de acordocom o Banco Mundial (também considerando um PIB de 2.09 trilhões de dólares em 2010) [17] e o World Factbook da CIA (estimando o PIB de 2011 em 2,28 trilhões de dólares). [18] É a segunda maior do continente americano, atrás apenas dos Estados Unidos.
A economia brasileira tem apresentado um crescimento consistente e, segundo o banco de investimento Goldman Sachs, deve tornar-se a quarta maior domundo por volta de 2050.[19]
O Brasil é uma das chamadas potências emergentes: é o "B" do grupo BRICS. É membro de diversas organizações econômicas, como o Mercosul, a UNASUL, o G8+5, o G20 e o Grupo de Cairns. Tem centenas de parceiros comerciais, e cerca de 60% das exportações do país referem-se a produtos manufaturados e semimanufaturados.[20] Os principais parceiros comerciais do Brasil em2008 foram: Mercosul e América Latina (25,9% do comércio), União Europeia (23,4%), Ásia (18,9%), Estados Unidos (14,0%) e outros (17,8%).
Contudo as crises econômicas internas e externas são inevitáveis e para combater seus impactos o governo vem implementando novas Politicas Monetária, Fiscal e Cambial.












Politica Monetária
Segundo Costa(2011) a política monetária é oconjunto de operações levadas a cabo com o intuito de controlar a liquidez da economia. Para tanto, são utilizados inúmeros instrumentos, destacando-se o recolhimento compulsório, a assistência financeira de liquidez (operação de redesconto) e as operações de compra e venda de títulos (operações compromissadas). Nesse contexto, a autoridade monetária (Bacen) utiliza a oferta de moeda (exógena) paracombater a inflação, ou seja, controla a liquidez da economia para manter a estabilidade do nível de preços. Como a autoridade monetária controla a liquidez da economia, diz-se que a oferta de moeda é exógena. Nesse caso, a taxa de juros (endógena) é determinada pela oferta e pela demanda por moeda.

Para Ribeiro(2009) a política monetária controla a quantidade de crédito no mercado, os níveis dasemissões de papel-moeda e o volume da moeda escritural, por meio de três instrumentos monetários básicos como: os recolhimentos compulsórios (uma porcentagem do dinheiro que é depositado no banco é recolhido pelo banco central), operações de redesconto (quando o banco tem a necessidade de utilizar as reservas, sendo penalizados com taxas de juros) e as operações de Open Marketing (trata-se dacompra e a venda de títulos da dívida pública, regulando os fluxos gerais de liquidez da economia).

Segundo o Ministério da Fazenda(2012) após um ciclo de alta dos juros, o Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil reduziu a taxa básica de juros (Selic) em 2,0 p.p., para 10,50% a.a., com três reduções de 0,5 p.p. em 2011 e uma redução adicional de 0,5 p.p. em janeiro de 2012. Essadecisão levou em consideração as condições macroeconômicas vigentes e a deterioração do cenário internacional. A taxa de juros real ex-ante chegou a 4,35% em janeiro de 2012. Em sua última ata, o Banco Central indicou que a Selic pode cair abaixo de 10%.


Segundo o Jornal Gazeta do Povo(2012) o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anunciou na noite desta quarta-feira (11) a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Politica monetária, fiscal e cambial
  • Políticas: monetaria, cambial e fiscal
  • Políticas Fiscal, Cambial e Monetária
  • Política Econômica Fiscal, Monetária e Câmbial
  • POLITICA ECONÔMICA UM ESTUDO SOBRE AS POLITICA: MONETÁRIA, CAMBIAL, FISCAL E TRIBUTÁRIA
  • Politica fiscal e politica monetaria
  • Política Monetária e Política Fiscal
  • Custos de produção, instrumentos de políticas fiscal, monetária, cambial e comercial e balanço de pagamentos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!