OS 51 ANOS DO GOLPE MILITAR: DITADURA MILITAR NO BRASIL

Páginas: 19 (4573 palavras) Publicado: 13 de junho de 2015
OS 51 ANOS DO GOLPE MILITAR: DITADURA MILITAR NO BRASIL
O GOLPE DE 1964
Golpe de Estado no Brasil em 1964 designa o conjunto de eventos ocorridos em 31 de março de 1964 no Brasil, que culminaram, no dia 1º de abril de 1964, com um golpe militar que encerrou o governo do presidente democraticamente eleito João Goulart, também conhecido como Jango.
Os militares brasileiros favoráveis ao golpe e,em geral, os defensores do regime instaurado em 1964 costumam designá-lo como "Revolução de 1964" ou "Contrarrevolução de 1964". Todos os cinco presidentes militares que se sucederam desde então se declararam herdeiros e continuadores da Revolução de 1964.
Já a historiografia brasileira recente defende a ideia de que o golpe, assim como a ditadura que se seguiu, não deve ser considerado comoexclusivamente militar, sendo, em realidade, civil-militar. Segundo vários historiadores, houve apoio ao golpe por parte de segmentos importantes da sociedade: os grandes proprietários rurais, a burguesia industrial paulista, uma grande parte das classes médias urbanas (que na época girava em torno de 35% da população total do país) e o setor conservador e anticomunista da Igreja Católica (na épocamajoritária dentro da Igreja) que promoveu a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, realizada poucos dias antes do golpe, em 19 de março de 1964.
Jango havia sido democraticamente eleito vice-presidente pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) – na mesma eleição que conduziu Jânio da Silva Quadros, do Partido Trabalhista Nacional (PTN), à presidência, apoiado pela União DemocráticaNacional(UDN). O golpe estabeleceu um regime autoritário e nacionalista, politicamente alinhado aos Estados Unidos, e marcou o início de um período de profundas modificações na organização política do país, bem como na vida econômica e social. O regime militar durou até 1985, quando Tancredo Neves foi eleito, indiretamente, o primeiro presidente civil desde 1964.




OS PERIODOS DOS GENERAIS

Castelo branco:Em 1 de Abril de 1964, o Congresso elegeu para presidente o chefe do estado maior do exército, marechal, Humberto de Alencar Castello Branco. Empossado em 15 de Abril de 1964, governou até março de 1967. Usou atos institucionais como instrumentos de repressão: fechou associações civis, proibiu greves, interviu em sindicatos e cassou mandatos de políticos. No dia 13 de junho de 64 criou o SNI(Serviço Nacional de Informações). Em 27 de outubro o Congresso aprovou a lei Suplicy, que extinguiu a UNE e as uniões estaduais de estudantes. O novo governo assinou um acordo com os Estados Unidos com o objetivo de restaurar a educação pública, chamado MEC-Usaid.
Em 18 de outubro mandou invadir e fechar a Universidade de Brasília pela polícia militar. As ações repressivas do governo eram estimuladaspor grande parte dos oficias do Exército. A chamada "linha dura" defendia a pureza dos princípios "revolucionários" e a exclusão de todo e qualquer vestígio do regime deposto. Usando de pressões conseguiu que o Congresso aprovasse várias medidas repressivas. Uma das maiores vitórias foi à permissão dada à justiça militar de julgar civis por "crimes políticos".
Em 27 de outubro de 1965 CastelloBranco editou o AI-2: dissolveu os partidos políticos e conferiu ao executivo poder para cassar mandatos e decretar o estado de sítio sem prévia autorização do Congresso. Estabeleceu também a eleição indireta para a Presidência da República transformando o Congresso em Colégio Eleitoral. O Ato Complementar nº 04, de novembro de 1965, instituiu o sistema bipartidário no país. Foi criada a Arena (AliançaRenovadora Nacional), de apoio ao governo, reunindo integrantes da UDN e PDS, enquanto o MDB reunia os oposicionistas.
Prevendo uma derrota nas eleições para os governos de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, o estado baixou em 05 de fevereiro de 66 o AI-3: as eleições para governadores passaram a ser indiretas. Em novembro do mesmo ano, Castello Branco fechou o Congresso e iniciou uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Artigo: O golpe Militar e Ditadura no Brasil
  • 50 anos da ditadura militar no Brasil.
  • 50 ANOS DE GOLPE MILITAR TORTURA E DITADURA NUNCA MAIS
  • Golpe ditadura militar
  • A Ditadura militar no Brasil teve seu in cio com o golpe militar de 31 de mar o de 1964
  • Golpe Militar e Ditadura na Paraíba
  • Ditadura militar... golpe ou revolução?
  • RESUMO: 50 anos do Golpe Militar no Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!