orientaçao vocacional

Páginas: 25 (6009 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014


Orientação vocacional aplicado a gestalt terapia.
A proposta da professora é abordar nas primeiras aulas a teoria acerca de orientação vocacional e depois trabalhar com a aplicação da técnica e elaboração de laudo. As técnicas serão feitas pelos próprios alunos neles mesmos como base de treino da prática, da interpretação dos dados, da elaboração da entrevista de devolução.
Livro:Gestalt – terapia
Lilian Meyer Frazão e
Karina Okajima Fukumitsu.
Summus editorial.

Orientação vocacional e profissional: possibilidades de atuação à luz da gestalt terapia.
Fevereiro
14 – apresentação de programa, bibliografia e formas de avaliação.
Considerações iniciais sobre orientação vocacional e sobre grupo.
21- Orientação vocacional e contemporaneidade .
Modalidade clínica erecursos
28- (continuação)
Março
07- Orientando e orientador à luz da gestalt terapia:
Concepção de homem, awareness, ciclo de contanto, função e fronteira de contato, suporte e teoria paradoxal da mudança.
14- (continuação)
21- primeiro encontro de orientação vocacional
28- segundo encontro
Abril
04- av1
11- devolução e discussão de av1 e terceiro encontro.
18-feriado
25- quartoencontro.
Maio
02- quinto encontro
09- sexto encontro
16-Entrevista de devolução e elaboração de laudo
23- ( continuação)
30- considerações finais
Junho
06- considerações finais e revisão para a av2
13- av2
20- devolução e discussão da av2
Revisão para a av3
27- av3

Em OV atendemos de adolescentes em diante. Menos crianças.
Vamos lembrar entrevistas, dinâmicas, testes, materialinformativo, etc...
A gestalt terapia surge no movimento humanista como uma contraposição.
Somos seres livres que podemos escolher mas não somos onipotentes. Somos seres de contexto, de relações, não podemos tudo mas podemos muita coisa e temos que compreender o poder que temos dentro das escolhas que podemos.
Vamos abordar que ser humano, que escolhe, que se coloca no mundo.
De que orientandoestamos falando?
Estamos falando de um orientando que tem possibilidades de escolher. Ele vai se dar conta que é um ser em constante mudança, em constante construção.
Teoria paradoxal da mudança – só o fato de se dar conta de algo, de tomar consciência já é uma mudança. Eu mudo para ser na verdade eu mesmo. Tomo consciência do quanto faço coisas que não são minhas verdadeiras escolhas,meus verdadeiros desejos. O quanto faço coisas pelo que os outros me dizem ou fazem. Quando me dou conta do que realmente quero e mudo para ser e fazer o que quero na verdade mudei para ser eu mesma. Daí o paradoxo.



Orientação vocacional não é determinar caminhos, não é encaminhar para determinada profissão. Isso ocorria antigamente na modalidade estatística. Com bateria de testes como otraço fundamental. Na modalidade estatística, o principal personagem era o orientador. O orientando vinha como coadjuvante e o instrumento usado eram os testes.
Na modalidade clínica, esses papéis se inverteram. O principal personagem passa a ser o orientando e o coadjuvante passa a ser o orientador. O principal recurso usado são as dinâmicas. Também se usam as entrevistas e testes. Os testes,nesse caso, são apenas mais um instrumento e não são determinantes no resultado final como eram na modalidade estatística.
Em alguns momentos quando se ouve falar em OV pode-se pensar em indicar profissões, aplicar testes para determinar a melhor carreira onde a pessoa vai se encaixar. A OV já foi considerada dessa forma mas não é mais assim. Isso acontecia quando prevalecia a modalidadeestatística. Eram aplicações de testes para determinar as características do sujeito para ver onde ele poderia ser encaixado. Era um quebra-cabeça. Onde encaixar a peça certa.
Teoria traço-fator : encaixar a pessoa certa no lugar certo de acordo com seu perfil. Isso veio com as guerras onde tinha que se colocar os soldados em funções específicas e nesse momento os testes classificavam e encaixavam o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Orientação vocacional
  • Orientação Vocacional
  • Orientação vocacional
  • Orientacao vocacional
  • Orientação vocacional
  • Orientação vocacional
  • orientação vocacional
  • Orientação vocacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!