Organização do reparo em uma entrevista televisiva

Páginas: 10 (2299 palavras) Publicado: 15 de maio de 2012
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
FACULDADE DE LETRAS


Organização do Reparo em
uma Entrevista Televisiva



FACULDADE DE LETRAS
UFJF - 2011


Contextualização:

Observaremos, nesta apresentação, a organização do reparo em um entrevista televisiva concedida pelo ator/comediante Paulo Gustavo (o entrevistado, doravante PG) ao apresentador Jô Soares (o entrevistador,doravante JS). Esta entrevista foi transmitida no dia 23 de outubro de 2008 no Programa do Jô, veiculado pelo canal aberto Rede Globo. Há uma certa diversidade de tópicos, posto que o entrevistado não se atém ao principal assunto da entrevista (a divulgação de sua peça que está em cartaz). PG fala sobre “Minha Mãe é uma Peça”, mas também conta histórias sobre sua mãe e fala sobre o medo de avião quecompartilha com uma amiga.



Objetivo:

Pretendemos, através da observação dos seguintes trechos, identificar os mecanismos de reparo na fala-em-interação.



Fundamentação teórica:

“A partir da observação detalhada de um grande volume de interações, Schergloff, Jefferson e Sacks (1977) indentificaram a recorrência sistemática de mecanismos para a resolução de problemas de escuta,produção e entendimento na fala-eminteração social, que denominaram organização de reparo.” (SCHERGLOFF et al., 1977, apud LODER, 2008, pp. 95-96).




Análise de dados:


A) Auto-reparo: “Reparo iniciado e levado a cabo pelo falante da fonte do problema” (LODER, 2008, p.113).



Exemplo 1:

01 PG: eu >tava ate< conversando com
02 ela antes de vir pra ca (0,5) e
03 → ai elafez uma coisa que e:u (.)
04 → eu falei >“mae ce nao existe.”<
05 ela comprou um computador, (.)
06 parcelou em dez vezes.

No exemplo 1, o entrevistado está falando sobre sua mãe e começa a contar algo que ela fez recentemente. Percebe-se na linha 03 que, ao começar a falar sobre a sua reação à ação da mãe, ele muda de idéia quanto à forma de contar. Assim, temos na próprialinha 3 tanto a fonte do problema quanto a marca de iniciação do reparo, presente no prolongamento em “e:u” e na micropausa antes da continuação. Já na linha 04 temos o resultado desse reparo em “eu falei”.


Exemplo 2:

07 PG: → ↑ela e- agora, esses dias
08 ela me ligou >falou assim
09 eu nao moro com ela mais ne<

Neste exemplo, o entrevistado prossegue a conversasobre sua mãe. Ele está para começar a contar algo que a mãe fez, mas resolve inserir uma informação extra para o interlocutor, contextualizando a ação da mãe temporalmente. Pode-se observar na linha 07 a fonte do problema e a marca de início do reparo representada pelo corte abrupto na produção vogal, quando o entrevistado interrompe sua própria fala. O resultado do reparo aparece na mesma linhacomo tentativa de situar o entrevistador e os telespectadores no tempo em “agora, esses dias” para, então, continuar tratando do tema principal.


Exemplo 3:

10 PG: ela me ligou e falou assim
11 → (0,5) “Paulo Gust↑a-” porque
12 → orkut, quando ce adiciona
13 alguem no orkut, vem uma
14 pergunta eletronica assim.
15 “voce quer ser meu amigo?”

No exemplo 3, oentrevistado retoma o assunto e começa a narrar uma fala de sua mãe por telefone. Ao começar a representar a mãe, o entrevistado mais uma vez sente necessidade de fazer uma contextualização, desta vez em relação à natureza do assunto. A fonte do problema aparece na linha 11 e a marca de início do reparo é representada pelo truncamento quando o entrevistado interrompe a representação da mãe parainserir a informação contextual. Na continuação, temos o resultado do reparo, com a inserção de informação na tentativa de que o entrevistador e os telespectadores compreendam a sequência da conversa.


Exemplo 4:

16 PG: [eu en]trei eu entrei num aviao hoje
17 .h e aviao e assim. preu vim tranquilo
18 pra ca e- eu preciso esquecer que eu
19 to voando. (0,5) so...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • entrevista na organização
  • Reparo
  • Reparo
  • Reparos
  • Diagnóstico Organizacional através de Roteiro de entrevista na organização xyz do segmento de cosmetico
  • A influencia televisiva
  • Linguagem televisiva
  • Reparo Xperia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!