Operacionalização e efetivação do sus nos municípios

Páginas: 10 (2410 palavras) Publicado: 16 de maio de 2011
1.0-Introdução:

Este trabalho tem como objetivo uma apresentação, aprofundando e reforçando os nossos conhecimentos, fazendo uma reflexão e identificando os desafios da operacionalização e efetivação do SUS - Sistema Único de Saúde em nosso município.
Nota-se que das políticas relacionadas ao modelo de assistência, a gestão da saúde é a que tem a participação popular refletida como umtodo. A redefinição do modelo de proteção social, a partir do conceito de seguridade social, veio através da Constituição de 1988. Para ter esse direito garantido a Constituição/88 implantou o Sistema Único de Saúde- SUS, estabelecendo princípios de universalidade no acesso, integralidade da assistência e equidade na distribuição dos serviços, visando assim à garantia da prestação dos diretos àpopulação.
Algumas diretrizes ficaram estabelecidas, sendo a integração e a hierarquização do Sistema, a descentralização político e administrativo com direção única em cada esfera de governo, o controle social por meio da implantação e organização de Conselhos de Saúde.


2.0-Parte I: Identificação dos desafios da operacionalização da política de saúde nos municípios:No nosso município já existe o Conselho Municipal de Saúde e tem como presidente a também secretária de saúde, a Srª. Sônia Maria Dalmolim de Souza. Algumas propostas estão sendo discutidas como: A eleição para escolher o presidente do conselho seja através de eleição direta; criação do CAPS; cumprimento da resolução 333 de 2003; paridade no Conselho Municipal de Saúde entre as categoriasde usuários, profissionais da área de saúde, também prestadores de serviços e gestores; no entanto, a última Conferência Municipal de Saúde aconteceu aqui no nosso município no ano 2006.
O SUS não é o primeiro tópico da história da sociedade brasileira em que a saúde pública adquiriu uma centralidade política quanto ao debate sobre as condições em que vivem a população. Durante a chamada“Primeira República”, um grupo de sanitaristas, biólogos, educadores e engenheiros elegeram o saneamento como via privilegiada para a construção da nacionalidade e da civilização. Nos anos de 1950 e 1960, o binômio saúde/desenvolvimento tornou-se questão obrigatória, não obstante a existência de visões distintas sobre o tema. Embora possamos identificar elos de continuidade entre as propostas desses doisperíodos de nossa história e a Reforma Sanitária, sendo iniciada nos anos 1970, deve-se destacar que o movimento sanitarista contemporâneo delas se diferencia pela proposição de uma agenda articulada em torno da saúde, da democracia e da eqüidade.
A construção do SUS apresenta-se como um constante desafio. Em face de sua institucionalização, muitas críticas vêm sendo apresentadas, tanto emfóruns acadêmicos como nos diferentes espaços institucionais onde ocorre a sua efetivação como política social. Espera-se que eles possam contribuir para a avaliação dos resultados alcançados e para as perspectivas de implementação de políticas de saúde adequadas aos princípios do SUS.

3.0-Parte II: Linhares
Este é um município de maior dimensão territorial do Espírito Santo. Linhares estáestruturado sobre uma base produtiva diversificada e moderna. Sendo o quinto pólo moveleiro do país e é possuidor de uma agricultura importante e não depende predominantemente do café, como a maioria dos municípios do Espírito Santo. Embora seja um município antigo, que passou por uma recriação nos 40, o perfil econômico que apresenta hoje foi construído recentemente, a partir dos anos de 1970. Linharesnão participou da fase litorânea de ocupação territorial do Espírito Santo, que demorou até o final do século XVIII e teve a forte presença dos jesuítas na promoção econômica da Capitania. A história de Linhares começa no início do século XIX, motivada pelos propósitos da Coroa Portuguesa em promover o intercâmbio comercial entre as províncias do Espírito Santo e Minas Gerais.
Todos os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Operacionalização e efetivação do sus – sistema único de saúde nos municípios
  • efetivação do sus
  • Contextualização do SUS no município de Bauru
  • A OPERACIONALIZAÇÃO DA AUDITORIA NOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE NOS MUNICÍPIOS.
  • Estrutura do sus no municipio de capitao de campos
  • Rotina Implantação sistema e-sus ab nos municípios
  • operacionalização
  • HUMANIZA SUS: desafios da Política Nacional de Humanização no município de Parauapebas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!