Operações especulativas e de hedge com derivativos

Páginas: 26 (6289 palavras) Publicado: 7 de abril de 2013
JÉSSICA BUBNIAK PORTAS

OPERAÇÕES ESPECULATIVAS E DE HEDGE COM DERIVATIVOS

Monografia de Graduação em Ciências Econômicas

Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária
PUC – São Paulo
2012
JÉSSICA BUBNIAK PORTAS

OPERAÇÕES ESPECULATIVAS E DE HEDGE COM DERIVATIVOS

Projeto de monografia elaborada sob a orientação do Professor Pedro Hubertus Vivas Aguero

Faculdadede Economia, Administração, Contabilidade e Atuária
PUC – São Paulo
2012
1. INTRODUÇÃO
2.1. Fundamentos
A constante evolução no mercado financeiro introduziu na economia um importante instrumento de estratégia para as empresas, os derivativos.
Motivado, principalmente, por medidas adotadas pelos bancos centrais Norte-Americano e Inglês, uma das medidas mencionadas à serdestacada, foi o movimento para liberação das taxas de juros e fim do controle do movimento de capitais, seguido da liberação do mercado de ações em outros países industrializados.
Já nos anos de 1990, verificou-se uma grande inclusão dos mercados emergentes na participação das finanças globalizadas e desregulamentadas (FIORI, 1997, p. 91).
Dessa forma, pouco tempo depois, os derivativos sefirmaram como estratégia das corporações para reagirem frente à volatilidade do mercado de ações, mercadorias, câmbio e das taxas de juros, gerando claras mudanças no comportamento dos agentes econômicos, no aspecto de poderem cobrir seus riscos financeiros ao transferir para outros.
Nesse sentido, em 1936, Keynes já inseria na economia através de sua obra “A Teoria Geral do Emprego, do Juro eda Moeda”, a idéia de que a moeda passara a representar um papel fundamental de ativo financeiro, deixando de significar apenas um meio de troca.
Inicialmente, “os derivativos foram criados como forma de proteger os agentes econômicos (produtores ou comerciantes) contra os riscos decorrentes de flutuações de preços, durante períodos de escassez ou superprodução do produto negociado”.Igualmnte, porque ele aparece como uma modalidade a mais de “investimento” para os especuladores (GALICKI, 1995, p. 35).
Em função da forte volatilidade do mercado de ações, taxas de câmbio, juros e dos preços de produtos comerciáveis em geral, juntamente da enorme expansão do mercado financeiro, a utilização de instrumentos financeiros de derivativos vem se tornando uma rotina cada vez mais comum,servindo tão bem tanto como meio de especulação, como forma para limitar o risco de flutuações inesperadas de preço do ativo em questão.
Se empregadas de maneira correta, as operações de derivativos podem diminuir o risco de determinadas transações e gerar lucros para os investidores, ou por outro lado, se forem empregadas erroneamente podem acarretar significativos prejuízos e até mesmo afalência de organizações, como foi visto na crise do subprime nos EUA em 2008 e no caso das empresas Aracruz e Sadia no Brasil em 2008.
As transações nesse segmento do mercado financeiro já alcançaram alguns trilhões de dólares no mundo e estão, a cada ano, mais presentes nas estratégias das empresas na gestão do risco. No Brasil, o mercado padronizado, em que as operações (incluindo financeiras eagropecuárias) são efetuadas em bolsa registrou o volume de 417,5 bilhões de contratos negociados e o volume financeiro de R$ 28,8 bilhões acumulados até agosto de 2010 (CASTELLANO, 2010, p. 35)
Portanto, a compreensão e o domínio dos instrumentos de derivativos tornam-se cada vez mais importante, de forma a compreender as estratégias e o impacto desse instrumento nos negócios das companhias edos investidores em geral.
2.2. Objetivo
O objetivo de estudo deste trabalho será desmistificar o mercado de derivativos, destacando-se seguintes aspectos:
a) A origem e a evolução na economia, que tem crescido de forma intensa nos últimos vinte anos, sejam em termos de volume ou em termos de instrumentos financeiros disponíveis, devido à desregulamentação dos sistemas financeiros...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Instrumentos financeiros derivativos: hedge (hedge accounting)
  • Derivativos x hedge
  • Operações Estruturadas com Derivativos
  • A IMPORTÂNCIA DAS OPERAÇÕES DE HEDGE PARA EMPRESAS QUE TRABALHAM COM IMPORTAÇÕES, EXPORTAÇÕES E OPERAÇÕES EM...
  • hedge
  • hedge
  • Derivativos
  • HEDGE

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!