ONTOGÊNESE E FILOGÊNESE EM FREUD

Páginas: 52 (12828 palavras) Publicado: 17 de outubro de 2013
ONTOGÊNESE E FILOGÊNESE EM FREUD
(Ontogenesis and Phylogenesis in Freud)
Eduardo de Carvalho Martins1
Resumo:

O presente artigo procura discutir a relação intensa que Freud estabeleceu
com as disciplinas biológicas vigentes, evidenciando como o autor utilizou
as investigações etiológicas das neuroses em direção a uma superação da
dicotomia existente entre explicações ontogenéticas efilogenéticas. O
trabalho pretende mostrar que as explicações freudianas se pautaram pela
constante oscilação na adoção de explicações psicológicas e biológicas,
contribuindo para a emergência de panoramas interpretativos muitas vezes
antagônicos em torno de sua obra. A obra madura de Freud, por fim,
caminhou em direção a uma recusa das explicações puramente
ontogenéticas ou filogenéticas napatogênese dos fenômenos neuróticos.
Tal oposição se tornou cada vez mais alheia ao projeto explanatório
freudiano de explicação etiológica dos fenômenos histéricos, uma vez que o
autor procurou utilizar, por meio dos conceitos de equação etiológica e,
posteriormente, de séries complementares, uma abordagem explanatória de
sobredeterminação. Tal panorama explanatório, por sua vez, éconvergente
com uma série de estudos contemporâneos que relacionam aspectos
genéticos, fatores ambientais infantis e contingências ambientais da vida
adulta na ocorrência de quadros neuróticos.
Palavras-chave: Freud, Biologia, Filosofia da Psicanálise.

Abstract:

Keywords:

The present study aims to discuss the intense relationship that Freud had
with biological sciences at his times,describing how the author used
researches in the field of neurosis’ etiology in a way that aimed to overcome
the existent dichotomy between ontogenetic and phylogenic explanations.
This study aims also to show that Freudian explanations were characterized
by the constant oscillation in the adoption of psychological and biological
arguments, that contributed to create interpretative notions thatwere, many
times, contradictory with his own work. The mature work of Freud was, in the
end, directed towards neglecting a purely ontogenetic or phylogenic
explanation for neurogenic phenomena. Such an opposition became
progressively isolated from the Freudian explanatory project of an etiological
explanation of hysterical phenomena, since the author pretended to use, by
means of hisetiological equation first and later by means of his
complementary series, an explanatory approach to over-determination. Such
explanatory scenery, in turn, converges with a series of contemporary
studies that relate genetic aspects, environmental factors during infancy and
environmental contingencies during adulthood to the occurrence of
neurogenic conditions.
Biology, Freud, Phylosophy ofPsychoanalisis.

É sabido que a disciplina freudiana foi objeto de intensa disputa interpretativa
acerca de seu estatuto epistemológico. A pluralidade de abordagens e modelos
interpretativos em torno da obra freudiana foi responsável tanto pela sua extraordinária

Ontogênese e Filogênese em Freud.

70

difusão quanto pela emergência de leituras muitas vezes antagônicas. Porém, mesmo
que nãoentremos na querela acerca do valor epistêmico da disciplina freudiana, não
podemos negar o intenso diálogo estabelecido com as ciências biológicas da época. A
relação de Freud com a biologia é tão explícita e reiterada em todo o decorrer de sua
obra que seria no mínimo curioso evidenciar a rejeição enfática por parte da literatura de
comentário no que diz respeito a este ponto específico.Durante o século XX, as
inúmeras interpretações que permearam o programa de pesquisa psicanalítico oscilaram
entre a aceitação dos enunciados biológicos freudianos – inclusive através de seu
aprofundamento, tal como em Sándor Ferenczi, Georg Groddeck e Wilhelm Reich – e a
completa rejeição de tais enunciados – tomados como resquícios do passado organicista
freudiano e sinal de uma linguagem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • filogenese e ontogenese
  • Filogénese e Ontogénese
  • filogénese, ontogénese e epigénese
  • QUESTIONÁRIO SOBRE FILOGENESE, ONTOGENESE E SOCIOGENESE
  • Resumo sobre o preformismo e a epigénese, introdução sobre a filogénese e a ontogénese
  • filogenese
  • Filogenese
  • Filogenese

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!