Olhares sobre a fonética de fonologia

Páginas: 5 (1009 palavras) Publicado: 19 de setembro de 2012
Miriam Silva dos Santos Acadêmica do Curso de Letras das Faculdades ESPAM/PROJEÇÃO 2º Semestre

OLHARES SOBRE FONÉTICA E FONOLOGIA
Miriam Silva dos Santos Resumo: Este texto tem como objeto a compreensão da Fonética e da Fonologia, apresentado numa abordagem concisa e objetiva através dos prismas dos autores: Dinah Callou, Yonne Leite, Joaquim Mattoso, John Lyons, e Thaís Cristófaro.Palavras-Chave: Fonética, fonologia, fonema.

Introdução: A Fonética se preocupa com o estudo de qualquer som de uma língua, isto é, se ocupa das variantes de um mesmo som. A fonologia já se interessa pelo som, (fonema, unidade mínima de som com sentido, a sua importância é definir as diferenças entre os significados), com função comunicativa em uma língua, que é a verificação dos aspectos sonorosque se utilizam para transmitir uma mensagem. Quando um som tem função comunicativa significa que ele tem aspectos diferentes de outros sons. Ex. /p/ tem função comunicativa diferente de /b/, porque “pato” tem mensagem distinta de “bato”. A fonologia estuda 1. Segundo Dinah Callou e Yonne Leite, a produção do som ocorre através do aparelho fonador (pulmões, laringe, faringe, as cavidades nasal eoral) que é importante na linguagem humana e que tem por finalidade a comunicação que é formada por uma fonte (falante), um transmissor (aparelho fonador), um canal (ar atmosférico), um receptor ( o aparelho auditivo) e um alvo (ouvinte). Nem todo o som produzido pelo homem é usado para fins linguísticos. O processo fonatório ou fonação ocorre através da passagem de ar pelas cordas vocais,formando assim os sons surdos ou desvozeados e os sons sonoros ou vozeados. A nasalização ocorre com a abertura nasofaríngia. Conforme o fluxo de ar têm-se duas classes de sons: consoantes e vogais. Consoantes classificadas como oclusivas, fricativa, lateral, vibrante e labial. As vogais são sons produzidos com o estreitamento da cavidade oral. A fonética só é entendida com o funcionamento do aparelhofonador, através dele formamos a sílaba que é a unidade mínima com sentido, daí surgem palavras por meio das quais se efetua a comunicação.

Miriam Silva dos Santos Acadêmica do Curso de Letras das Faculdades ESPAM/PROJEÇÃO 2º Semestre

Com a tonicidade das sílabas, têm-se o alfabeto fonético, com o qual, fazemos a transcrição e leitura de qualquer língua. No Círculo Linguístico foireconhecido a importância dos estudos de Saussurre que há muito tempo distinguia fonética e fonologia da seguinte forma: parole (fala) e langue (língua), e foi aceito o seu conceito “fonema é uma unidade da língua e sons ou fones são unidades da fala”. A língua é viva, dinâmica, está sujeita a modificações, e um sistema ortográfico não poderá acompanhá-la. 2. Para Joaquim Mattoso, “a divisão mínima nasegunda articulação da língua é a dos sons vocais elementares, que podem ser vogais ou consoantes. A divisão resulta de um processo psíquico da parte de quem fala e quem ouve.” A sílaba é a unidade mínima para se formar a palavra. Ele questiona a existência do ditongo. O acento tem valor determinado, no português, serve para dar tonicidade às palavras e também para distinguir palavras como jaca(fruta) e jacá (certo tipo de cesto). Mattoso concorda com as autoras anteriormente mencionada. 3. Para Lyons, (...o estudo do som tem maior importância na lingüística do que o estudo da escrita, dos gestos ou de qualquer outro meio, real ou potencial, em que se desenvolve a língua. Lyons, 49). A fonética tem três ramos de estudo: o articulatório, o acústico e o auditivo. Para ele os fonemas sãopartes fonológicas pequenas dos sistemas lingüísticos. De acordo a leitura do texto de Lyons ele está de acordo com os autores citados acima. 4. Thaís realiza uma visão histórica do crescimento das correntes teóricas pósestruturalistas da análise do componente sonoro das línguas naturais, mostrando os principais ensinamentos e referências bibliográficas dos modelos fonológicos, demonstrando sua...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fonética e fonologia
  • Fonetica Fonologia
  • Fonética e Fonologia
  • fonetica e fonologia
  • Fonética e fonologia
  • fonética e fonologia
  • Fonética e Fonologia
  • Fonética e Fonologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!