Observação de crianças

Páginas: 6 (1390 palavras) Publicado: 8 de abril de 2013
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP
INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS
CURSO DE PSICOLOGIA








NOME: Adna Raquel Rocha Do Nascimento RA:

NOME: Ligia Celina Moreira RA:

NOME: Lucilene Luna RA:

NOME: Raquel Karoline de Oliveira Callegari RA:









OBSERVAÇÃO DA CRIANÇA

































JUNDIAÍ
2013NOME: Adna Raquel Rocha Do Nascimento RA: B58FDH-2

NOME: Ligia Celina Moreira RA: B6180C-4

NOME: Lucilene Luna RA: B7791B-7

NOME: Raquel Karoline de Oliveira Callegari RA: B496GE-0











OBSERVAÇÃO DA CRIANÇA











Trabalho apresentado como parte integrante da disciplina Psicologia:Psicologia do Desenvolvimento, como parte da nota semestral (relatório e apresentação)













JUNDIAÍ
2013









SUMÁRIO



1. INTRODUÇÃO Erro! Indicador não definido.
1.1 Objetivo Erro! Indicador não definido.



2. MATERIAL E MÉTODO 5
2.1 Sujeitos 5
2.2 Procedimento de coleta de dados 5



3.RESULTADOS 6



4. DISCUSSÃO 9



5. REFERÊNCIAS 10



ANEXOS Erro! Indicador não definido.






1. INTRODUÇÃO
Crescimento e desenvolvimento se referem ao conjunto de mudanças somáticas e funcionais que se produzem no ser humano desde sua concepção até a idade adulta. Mais especificamente, crescimento equivale ao processo de ganho de massa (peso, altura), que sedá por hiperplasia /hipertrofia dos tecidos, e desenvolvimento é o processo de adquirir maior capacidade funcional através da maduração, diferenciação e integração de funções.
O crescimento e desenvolvimento são o resultado da interação de fatores genéticos herdados e as condições do meio ambiente em que vive o indivíduo. Se as condições de vida (físicas, biológicas, nutricionais,psicossociais, etc.) são favoráveis, o potencial genético do crescimento e desenvolvimento poderá se expressar de forma completa. Em caso contrário, em condições ambientais desfavoráveis, o potencial genético se limitará dependendo da intensidade e da persistência do agente agressor.
O crescimento e desenvolvimento constituem excelentes indicadores positivos da saúde.
A aprendizagem, umaconstrução pessoal, que só o próprio indivíduo pode fazer, resulta de processos de interação, de atividades colaborativas e comunicativas com o ambiente que envolve a criança/sujeito de ação (Bruner, 1996; Carrara, 2004; Dalberg, Moss, & Pence, 2003). De acordo com a abordagem pedagógica de Reggio Emília (Preschools and Infant-Toddler Centres, 2010), a experiência do indivíduo e a sua interação com o meioambiente constituem a base deste processo complexo que é um direito da criança, uma oportunidade de desenvolvimento pessoal e de emancipação individual e coletiva.
A criança enquanto ser ativo experimenta através do seu corpo, construindo o seu conhecimento.
Aprende fazendo, coordenando os sentidos, ações e sentimentos. Observa, alcança, agarra, leva à boca, cheira, manipula, imita…pessoas e/ou objetos que lhe despertem a atenção. É nesta constante interação com o mundo físico e social que se vai descobrindo e desvendando o seu mundo. Descobre como deslocar se, como segurar e manipular objetos, como comunicar com as pessoas que a rodeiam, como responder a diferentes estímulos. A par desta sua independência e curiosidade natural, a criança cria laços emocionais, relações deconfiança com pessoas significativas que lhe permitem sentir-se segura na exploração do ambiente que a rodeia (Post e Hohmann, 2003).
Em síntese, a criança até aos 3 anos mostra capacidade para pensar sobre o mundo e sobre si mesma na interação que vai estabelecendo com as pessoas e os objetos. A observação, a repetição, a imitação e a experimentação permitem à criança situar-se perante si...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Observação em crianças
  • Observação da criança
  • Observação a uma criança
  • Observação criança
  • observação de uma criança
  • Observacao de uma criança
  • Observação de crianças
  • Observação de criança

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!