obras de platão

Páginas: 18 (4318 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
Biografia:
Platão nasceu em Atenas, provavelmente em 427 a.C. e morreu em 347 a.C foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas, a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental. Juntamente com seu mentor, Sócrates, e seu pupilo, Aristóteles, Platão ajudou a construir os alicerces dafilosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Acredita-se que seu nome verdadeiro tenha sido Arístocles. Suas principais obras foram: A República, Apologia de Sócrates, O Banquete, Parmênides, Sofista, Político.
Temática das Obras:

Banquete - Temática sobre a natureza e as qualidades do amor.
Fédon - O tema da obra Fédon é considerado ser a imortalidade da alma. É também nessedialogo em que se retrata a morte de Sócrates.
Fedro – Aborda o tema do amor, a discussão no diálogo gira em torno da arte da retórica, e apoia-se sobre temas tão diversos quanto reencarnação e o amor erótico.
Sofista – temática que dizia respeito da vida dos homens e aos problemas ético-políticos concretos.
Górgias - diálogo tem como tema principal a Retórica.
Político – esse diálogo tem comotemática o pensamento político, assim como o diálogo “Leis”.
Teoria dos dois mundos:
Platão afirmava que existiam dois mundos diferentes: o mundo das ideias e o mundo concreto, isto é, aquele que podemos perceber ao nosso redor, com os sentidos, segundo ele, não é o verdadeiro. Assim, para Platão, a realidade não está no que podemos ver tocar, ouvir, perceber. A verdade está no mundo das ideias, mundoimutável, permanente, eterno. E é a partir do pensamento que se busca essa verdade que se encontra no mundo das ideias, ou seja, nos libertando da sedução dos sentidos. Além disso, ele acreditava que o que percebemos ao nosso redor são simulacros (cópias mal feitas) de modelos que só existem no mundo ideal.

Diálogo Teeteto:

A obra Teeteto de Platão retrata um diálogo entre Sócrates eTeeteto que é contado pelo filósofo Euclides. Sócrates, como um parteiro de ideias, dialoga com Teeteto com o intuito de descobrir o que é o conhecimento. Durante o dialogo são apresentadas quatro visões do que poderia ser o conhecimento.
Teeteto no primeiro momento, afirma que conhecimento é tudo aquilo que se aprende com Teodoro (professor, que também por vezes participa do diálogo), como geometria,astronomia, harmonia, como também a arte dos artesões, como sapateiros e carpinteiros.
Sócrates mostra para Teeteto que em todos os casos citados por ele o que ele define é o objeto do conhecimento de cada um, mas a pergunta não visava saber quantos conhecimentos particulares podem existir, nem enumerá-los, mas visava o desejo de saber o que é o conhecimento em si mesmo. Assim, Teeteto percebeque sua visão do conhecimento como coisas como a geometria e a carpintaria está errada.
No segundo momento, Teeteto diz que conhecer algo é tomar contacto com ela por meio dos sentidos. Uma das partes marcantes nesse momento é quando Sócrates pontua sobre a memória, quando observamos uma coisa através da visão, mesmo depois de fechar os olhos e não a vê-la mais ainda sabemos que a coisa existee ainda está la.Teeteto ainda não se convence,usando de Protágoras que diz que é possível saber e não saber algo ao mesmo tempo, como quando pomos uma mão à frente de um dos olhos: tanto podemos ver como não ver a mesma coisa ao mesmo tempo.
Sócrates faz Teetedo entender que o conhecimento não se baseia nos sentidos e ele propõe que ele consiste nos juízos da alma que reflete. Sócrates diz quequando a alma pensa é como se estivesse a falar para si própria, isso é um juízo. O conhecimento não pode ser identificado como a capacidade de produzir juízos, pois tanto há juízos falsos como verdadeiros. A possibilidade dos juízos faz com que alguém possa saber e não saber a mesma coisa ao mesmo tempo.
Após perceber os falsos juízos, Teeteto modifica sua definição de conhecimento para um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AS OBRAS DE PLATAO
  • obras de platao
  • Vida e obra de platão
  • Vida e obra de platao
  • Vida e obras de platão
  • VIDA E OBRAS DE PLATÃO
  • O sofista de platão resumo da obra
  • Vida e Obra de Platao

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!