Obesidade: o perigo real.

3627 palavras 15 páginas
Introdução
A obesidade é provavelmente o mais antigo distúrbio metabólico, havendo relatos da ocorrência desta desordem em múmias egípcias e em esculturas gregas (Blumenkrantz, 1997). Durante séculos, gordura foi sinónimo de formosura e não fazia qualquer sentido adjectivar como feio um indivíduo de coxas redondas e barriga proeminente. No entanto, em pouco tempo, tudo se alterou e o dogma de que “magreza é beleza” passou a ser a premissa dominante nas sociedades actuais. Nessa transição de mentalidade, os obesos deixaram de ser formosos e passaram a ser encarados como disformes, entrando em crises de tristeza, depressão e exclusão social, o que os levou a ficar ainda mais gordos (Rosa, 2007 cit Novaes, 2007).
Esta doença, classificada como perturbação física, é bastante influenciada, na sua etiologia e evolução, por questões psicológicas, daí que a abordagem desta temática se enquadre, com todo o sentido, nesta tarefa académica.
Assim, tentámos explorar as dimensões que consideramos mais importantes para uma compreensão mais profunda e consciente da doença, começando por recolher algumas definições possíveis de obesidade, tendo em consideração autores que contribuíram para o seu aprofundamento e desenvolvimento. De seguida, procedemos ao enquadramento teórico das várias perspectivas teóricas sobre a obesidade e à sua epidemiologia.
Após esta abordagem inicial, salientamos o carácter multideterminado e as implicações futuras associados à doença, atribuindo especial relevância ao período da adolescência, visto ser uma fase em que ocorrem importantes mudanças a nível físico, social e psicológico que tornam o adolescente mais vulnerável à obesidade e por ser também um factor preditor da presença do excesso de peso no estado adulto.
Depois desta primeira conceptualização, passamos à análise das várias formas de tratamento, apontando o modelo cognitivo-comportamental como o mais eficaz, pelas estratégias de intervenção que preconiza com reconhecido sucesso, e

Relacionados

  • Obesidade: o perigo real.
    3627 palavras | 15 páginas
  • Rascunho
    697 palavras | 3 páginas
  • Obesidade E Tecnologia
    2112 palavras | 9 páginas
  • Segurança do trabalho
    719 palavras | 3 páginas
  • Obesidade
    1639 palavras | 7 páginas
  • A SAÚDE COMO UM BEM PRECIOSO
    1792 palavras | 8 páginas
  • O predomínio da tecnologia no mundo de hoje e o cotidiano infantil
    2496 palavras | 10 páginas
  • Resenha
    920 palavras | 4 páginas
  • variados
    12936 palavras | 52 páginas
  • argumentaçao
    529 palavras | 3 páginas