Nutrição

Páginas: 2 (274 palavras) Publicado: 25 de março de 2012
O desejo sexual no obeso é prejudicado.


É obesa a maioria dos homens que sofrem disfunções sexuais.

O excesso de gordura propicia um desequilíbrio hormonal com adiminuição da Testosterona e o aumento do Estrogênio devido à maior atividade da enzima Aromatase no tecido gorduroso.
A Testosterona, como se sabe, tanto nas mulheres como noshomens tem um papel importante no desejo sexual e no orgasmo.
Nos obesos encontramos também diminuições dos hormônios Folículo Estimulante (FSH) e Luteinizante (LH) que promovemà espermatogênese e, ainda, o aumento do Cortisol (o hormônio do estresse) cuja secreção é proporcional ao excesso de gordura e que prejudica a libido.
Nos homens comsobrepeso as concentrações elevadas de açúcar e de insulina no sangue determinam alterações vasculares que levam à disfunção erétil.
As mulheres cujos parceiros têm esse problema, oua ejaculação precoce, costumam sentir dor durante o sexo.
Nas mulheres com excesso de gordura corporal e diabéticas o desejo sexual, a excitação, a lubrificação vaginal e oorgasmo ficam comprometidos.
Somam-se ainda as dificuldades físicas e as questões psicológicas que dificultam o ato sexual.
A expectativa ansiosa de ter um desempenho adequadotambém pode influir na libido ou inibir o orgasmo.

Emagrecer proporciona uma melhora significativa das alterações do espermograma nos homens e também favorece a volta dosciclos ovulatórios nas mulheres.

Além de uma imagem mais positiva do próprio corpo, as pessoas com a perda de peso têm mais energia e sentem-se mais confortáveis emconversar com os parceiros sobre técnicas, fantasias e atitudes na relação.
O emagrecimento melhora a vida sexual em ambos os sexos, diminuindo a fadiga e aumentando a libido.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Nutrição
  • nutriçao
  • Nutrição
  • Nutrição
  • Nutrição
  • nutrição
  • nutrição
  • Nutrição

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!