Neurose e trabalho

Páginas: 7 (1523 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
412
Rev Neurocienc 2010
;18(3):411-414
resenha
INTRODUÇÃO
Uma considerável parcela dos atendimentos
médicos em um pronto socorro ou serviço de pron
-
to atendimento em clínica médica e neurologia cor
-
responde a pessoas que procuram esses serviços com
queixas orgânicas, mas de etiologia psíquica.
Nos serviços médicos, em geral, há pouco espa
-
ço e preparo dos profissionais paraabordagem desse
tema específico, porém, é perceptível a relação clara
entre esses sintomas e características do contexto pro
-
fissional de algumas dessas pessoas.
O tema trabalho como origem de doenças men
-
tais é abordado pela autora Nicole Aubert em um texto
entitulado originalmente: “
La nèvrose professionelle
”,
que foi traduzido para português (Neurose profissional)
e publicadocomo capítulo da obra “O indivíduo na
organização – dimensões esquecidas” de Jean-François
Chanlat (do original “
L’individu dans l’organisation: Lês
dimensions oubliées
”, 1990)
1
. Este assunto fora descrito
desde 1910 em telefonistas por Julliard e em 1918 por
Fontègue e Solari como síndrome da fadiga nervosa
na mesma categoria profissional. Le Guillant em 1957
trata a neurose dastelefonistas como uma neurose pro
-
fissional
2
. Desde a década de 1980 até os dias atuais
Christophe Dejours estuda e analisa profundamente a
origem do que chama de loucura do trabalho
3,4
, o que
torna este tema atual. Chanlat, no entanto, traz este
tema da área psicológica e médica para dentro da área
de administração com muita propriedade e sensibili
-
dade.
Será apresentada umaresenha crítica do texto
“Neurose profissional” de Nicole Aubert. Este texto foi
selecionado para servir de base à discussão sobre ques
-
tões gerenciais das organizações em relação ao cuidado
do indivíduo que nela trabalham. Além disso, o texto
tem especial valor por estar inserido em uma obra de
administração de empresas e não na literatura médica
ou psicológica.
A Neurose ProfissionalEste texto é dividido em três grandes partes: A
Neurose Profissional Traumática, A Psiconeurose Pro
-
fissional e A Neurose de Excelência.
A autora introduz o tema relacionando-o ao
estresse profissional, abordado em um de seus livros,
contextualiza neurose profissional como uma condição
além do estresse profissional e do esgotamento pro
-
fissional. O conceito de neurose profissional vemda
linha francesa, que desde a década de 1910 menciona
esta entidade. O quadro clínico é gerado por condi
-
ções penosas do trabalho e se caracteriza por nervosis
-
mo, insônia e restrição intelectual que culminam na
desorganização da personalidade. O estresse profissio
-
nal geralmente precede o quadro de neurose, pode ser
transitório e se caracteriza pelo desequilíbrio entre asexigências do meio ambiente profissional e sua capa
-
cidade psíquica e física. Define-se neurose profissional
como uma afecção psicogênica persistente na qual os
sintomas são a expressão simbólica de conflito psíquico
no qual o desenvolvimento está ligado a uma situação
organizacional ou profissional determinada.
A NEUROSE PROFISSIONAL TRAUMÁTICA
Este conceito data do século XIX, relacionava-
seaos acidentes das estradas de ferro, posteriormente
relacionou-se às guerras, e modernamente associa-se
a diversas situações traumáticas, tanto físicas como
principalmente psíquicas. Os principais elementos que
caracterizam este quadro são o tempo de latência ou
ruminação, a síndrome da repetição marcada por pesa
-
delos que remetem à situação traumatizante, e a reor
-
ganização dapersonalidade caracterizada pela fixação
ao traumatismo que produz redução da percepção da
consciência, das atividades e reações. Reconhecem-se
duas formas de neurose profissional traumática: uma
onde o traumatismo é o elemento desencadeador em
estrutura neurótica pré-existente, e outra forma onde o
traumatismo é o determinante dos sintomas.
Estresse e carga psíquica.
O trabalho gera ou...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho Neuroses Traum Ticas
  • Trabalho Teoria Psicanalítica das Neuroses- Posições
  • neurose
  • Neurose
  • Neurose
  • neurose
  • Neurose
  • Neuroses

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!