Neoliberalismo e a educação

Páginas: 22 (5320 palavras) Publicado: 9 de setembro de 2013
Dossiê Livre

O neoliberalismo e a educação
no Brasil de FHC

Palavras-chave: Neoliberalismo, Sociedade, Educação.
Resumo: Este artigo procura compreender os oito anos de governo Fernando
Henrique Cardoso dentro da esfera educacional. Para isso analisa-se o
conceito de neoliberalismo, um sistema político-ideológico que guiou os
dois mandatos do então presidente Fernando HenriqueCardoso, apontandose as consequências causadas para o sistema educacional brasileiro, por
atender aos conselhos do Consenso de Washington. Trata-se de contexto
em que a educação passou incorporar a lógica capitalista, de rentabilidade
e lucro, sendo vitimizada pelos tentáculos desse sistema.

O conceito de neoliberalismo

O neoliberalismo é um sistema político-ideológico que tem suas
raízes naSociedade Mont Pèlerin, na Suíça em 1947, também chamada de Escola Austríaca, cujos principais representantes são Ludwig
von Mises e Friedrich August von Hayek. Para von Mises, a liberdade
é um todo indivisível, mas a liberdade política é o corolário da liberdade econômica. Posteriormente, Mises sustentou que as relações econômicas e políticas se amparam em apenas dois pólos opostos: opção
pelaliberdade e/ou opção pela ditadura, ou seja, liberalismo econômico ou ditadura, seja ela fascista ou comunista (Carvalho, 2002).

1. Graduado em História pela Universidade Católica de Goiás e graduando em Ciências Sociais
pela Universidade Federal de Goiás. E-mail: maiconcsilveira@hotmail.com

50

Revista Senso Comum, nº 1, 2009, p. 50-66

De sua parte, Hayek afirma, em sua principalobra, O caminho da
servidão (1944), a tese segundo a qual a planificação econômica conduz à ditadura e ao totalitarismo, ou seja, à supressão da liberdade.
Em outra obra Os fundamentos da liberdade (1960), Hayek atribuiu
a importância ao individualismo, ao homo economicus, fundado nas
ideias de individualidade, racionalidade e egoísmo. Essas ideias, transformadas em práticas econômicas epolíticas, estabelecem políticas,
nos países em desenvolvimento, caracterizadas por cortes nos gastos
públicos em serviços, notadamente nas áreas da educação, da saúde
e da infraestrutura sanitárias (esgoto, água tratada etc.) bem como nas
nações governamentais em favor da habitação (Sampaio; Santos; Mesquida, 2002).
No entanto, o ideário neoliberal não encontrou, nas décadas de
1950 e 1960,condições históricas concretas para a sua implementação. Apenas em 1973, com a crise do modelo econômico do pósguerra, que fez os países capitalistas avançados entrarem numa longa
e profunda recessão, abriu-se espaço para a implementação das reformas propostas. A solução era um Estado forte e capaz de controlar os
sindicatos, o dinheiro, os gastos sociais e quebrar os monopólios estatais tendo como metasuprema a estabilidade monetária. A primeira
oportunidade surgiu de fato em 1979, na Inglaterra, com a ascensão
de Margareth Thatcher. Em seguida nos EUA, em 1980, com Ronald
Reagan.

Dossiê Livre

O neoliberalismo e a educação no Brasil de FHC

Os governos Thatcher contraíram a emissão monetária, elevaram
as taxas de juros, baixaram drasticamente os impostos sobre os
rendimentos altos,aboliram controles sobre os fluxos financeiros,
criaram níveis de desemprego massivos, aplastaram greves,
impuseram uma nova legislação anti-sindical e cortaram gastos sociais.
E finalmente se lançaram num amplo programa de privatização. Já
nos Estados Unidos, a proposta evidenciou-se mais na competição
militar com a União Soviética, visando derrubar o regime comunista
na Rússia.(Schneckenberg, 2006, p. 14).

Revista Senso Comum, nº 1, 2009, p. 50-66

51

Dossiê Livre

Maicon Cândido da Silveira

52

Mais adiante outro teórico do neoliberalismo viria somar-se ao
movimento iniciado pela Escola Austríaca. Trata-se de Milton Friedmann, monetarista da Escola de Chicago que, no seu principal livro,
Capitalismo e liberdade (1962), horroriza-se com o Estado de BemEstar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Neoliberalismo e educação:
  • Neoliberalismo e educação
  • Neoliberalismo e educação
  • O neoliberalismo na educação
  • Neoliberalismo e educação
  • Educação e neoliberalismo
  • Neoliberalismo, educação e emprego
  • Educação: do liberalismo ao neoliberalismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!