Negócios internacionais e vantagem competitiva

Páginas: 15 (3578 palavras) Publicado: 10 de novembro de 2012
O trabalho está estruturado em três blocos, conceituados e analisados sob perspectivas distintas, porém objetivando entendê-los como se relacionam e qual o resultado da conjugação dessas temáticas na realidade das organizações. O primeiro bloco dispõe sobre os conceitos de vantagem competitiva, essencialmente sob a ótica e as definições dadas por Michael Porter. Em seguida será analisado oconceito de empresa global e as conseqüências da globalização para a competitividade e o direcionamento da estratégia da empresa. Finalmente, veremos o papel do governo no contexto da economia globalizada e as ações diretas que podem impactar de forma positiva ou negativa no processo de expansão de uma empresa tanto sob a perspectiva interna quanto externa, alinhando as definições à exemplos.
Aeconomia atual é intrinsecamente internacional, e o será cada vez mais. Todos os dias presenciamos a internacionalização em nosso meio. Basta verificar quantas empresas estrangeiras estão ao nosso redor competindo com as empresas brasileiras.
Destaca-se que a competição internacional se faz entre cadeias produtivas. Por isso, a inserção brasileira na economia internacional, por exemplo, deveestar estruturada a partir de cadeias produtivas, num trabalho cooperativo entre o setor privado, os trabalhadores e o Governo na busca de uma isonomia competitiva interna, tendo como referência o ambiente internacional. Segundo Ishikawa (1993), de forma sintética é possível destacar sete principais tendências novas que vêm emergindo no cenário mundial nos últimos anos e que devem ganhar corpo, apartir da vigorosa expansão de novas tecnologias.
A conjugação de várias características como: cooperação, coordenação, qualidade, valorização de recursos humanos, descentralização de responsabilidades com participação de trabalhadores, elevado nível de qualificação, produção, diferenciação de produtos em atenção às preferências dos usuários, utilização de técnicas de automação flexível, tudoisto, tem sido descrito por muitos estudiosos como uma nova forma de estruturar e aplicar estratégias empresariais, as quais têm características nitidamente distintas do modelo fordista, e que com certeza compõem um novo espectro da atual forma de organização da produção capitalista.










2 VANTAGEM COMPETITIVA
Porter (1989) argumenta que os gerentes precisavamentender três conceitos básicos para realizar a análise necessária à obtenção de respostas válidas para as perguntas estratégicas no que se refere às organizações.
O primeiro conceito refere-se às cinco forças competitivas. A primeira força competitiva trata da facilidade ou dificuldade que um novo concorrente pode sentir ao começar a fazer negócios em um setor. Porter identifica sete barreirasque dificultam a entrada de novos concorrentes no mercado.
A primeira barreira diz respeito à economia de escala: Porter (1989, p.9) observa que “as economias de escala em produção, pesquisa, marketing e serviços provavelmente são barreiras à entrada no setor de computadores de grande porte". A segunda trata da diferenciação do produto, em que uma empresa novata teria que investir pesado parasuperar, por exemplo, o nome de marca e a base de clientes da Coca- Cola.
A terceira barreira se refere às exigências de capital: quanto maiores são os recursos financeiros necessários para se iniciar um negócio, maior é a barreira à entrada. Isso é particularmente verdadeiro se o investimento inicial for arriscado ou irrecuperável, como um investimento pesado em pesquisa e desenvolvimento ouem publicidade. A quarta é sobre custos de troca, onde cria-se uma barreira à entrada se os clientes tiverem que incorrer em um custo adicional para trocar de fornecedor.
A quinta barreira é quanto ao acesso aos canais de distribuição, dizendo que qualquer um que esteja iniciando um novo canal de TV a cabo teria que lutar pela atenção do telespectador. Já a sexta trata das desvantagens de custo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • As pessoas como vantagem competitiva nos negócios
  • As vantagens da exportação de produtos sustentáveis nos negócios internacionais
  • Vantagem competitiva
  • Vantagens Competitivas
  • VANTAGEM COMPETITIVA
  • Vantagem Competitiva
  • vantagens competitivas
  • vantagens competitivas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!