narração de portugues

Páginas: 4 (761 palavras) Publicado: 31 de março de 2014
Os primeiros raios de sol, brandos como um leve toque, anunciavam um novo dia de uma preguiçosa terça - feira de 11 de fevereiro de 2014. Acordei entediada, estava em minhas férias acadêmicas, nãopudera viajar. Tomei um banho na tentativa de despertar, ingerir um pedaço de pão com café e fui ao portão, avistei três quarteirões ao longe, uma aglomeração da população que se instalava próxima àfeira livre de Buerarema - BA.
As ruas com a presença de inúmeras viaturas com policias federais, militares e civis. Parecia como se estivesse morando dentro de um quartel general. Desde algumassemanas atrás, a cidade vem passando por um clima instável na segurança pública, todos estão irritados e insatisfeitos, devido o conflito instalado entre agricultores e indígenas sobre a demarcação deterras.
Não tinha nada para fazer, e isso estava me matando de aborrecimento. Embora soubesse que uma feira livre não constitui exatamente o melhor divertimento do qual um ser humano pode dispor, fuiandando, a passos lentos, em direção àquelas barracas. Não esperava ver nada de original, ou mesmo interessante. Como é triste o tédio! Logo que me aproximei, vi uma senhora alta, extremamente gorda,gritando desesperadamente com alguns feirantes, comerciantes e outros populares sobre o terrível acontecimento que ceifará a vida do senhor Juraci Santana, agricultor assentado que fora assassinado atiros, nesta madrugada, no Assentamento Ipiranga.
Um homem, dono da barraca de tomates, tentava em vão acalmar a nervosa senhora que erguia seus enormes braços e, com os punhos cerrados conclamava apopulação a realizar uma manifestação na ponte na BR 101 (rodovia federal próxima à entrada da cidade), com intuito de chamar atenção das autoridades públicas. Comecei a me assustar, com medo devido àsua fúria incontrolável que se espalhava naquele ambiente alcançando a todos. Ela ia gritando juntamente com os demais populares e caminhando em direção à ponte.
Caminhei, paulatinamente, ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Narração
  • Narração
  • narração
  • Narração
  • Narração
  • Narração
  • narração
  • Narração

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!