NADA

Páginas: 4 (795 palavras) Publicado: 21 de julho de 2014
28/01/2012 09h31 - Atualizado em 13/06/2012 18h44
Concreto armado sustentava prédio que caiu; conheça técnica e riscos
Edifício Liberdade usou concreto armado para sustentação.
Vizinhos menoreseram de alvenaria estrutural, menos resistente.
Eduardo Carvalho Do G1, em São Paulo
48 comentários

O Edifício Liberdade, que desabou na noite de quarta-feira (25) no centro do Rio, foiconstruído com a técnica do concreto armado -- a mais usada nas edificações brasileiras - segundo engenheiros ouvidos pelo G1.
O desmoronamento destruiu dois prédios vizinhos. Até a manhã deste sábado (28),foram encontrados 17 corpos.
Segundo Paulo Fernando Neves Rodrigues, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o prédio Liberdade foi erguidohá cerca de 70 anos empregando a técnica do concreto armado para sustentação - a mais utilizada nas edificações brasileiras.
saiba mais
FOTOS DO DESABAMENTO
INFOGRÁFICO: DETALHES DO LOCAL
VC NOG1: VÍDEO DOS LEITORES
VEJA ANTES E DEPOIS DA REGIÃO
“Nela se utiliza concreto e armações de aço (vigas) já prontas, que ficam dentro do concreto”, disse o especialista.
Sustentação
De acordo comPaulo de Mattos Pimenta, professor-titular do Departamento de Estruturas e Geotécnica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), os pilares (elementos verticais neste tipo de construção)são essenciais para a sustentação de obras desse tipo.
"Esse prédio já devia ter problemas estruturais, mas ninguém nunca apontou nenhum defeito. (...) Normalmente, as paredes são elementos devedação, mas quando há problemas estruturais, elas ajudam na sustentação”, afirma.
Pimenta diz que há duas explicações para a queda dos outros prédios, os edifícios 13 de maio e Colombo. “Ou o prédio maisalto tombou na vertical, sobre as construções menores, o que indicaria um problema estrutural, ou os escombros foram se espalhando e acumulando sobre os demais imóveis, causando a demolição”,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • nada nada nada
  • Na, nada, nada e nada
  • nada nada nada
  • Nada com nada
  • Nada nada nada
  • nada nada nada
  • Nada nada nada
  • nada e nada

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!