Números índice

Páginas: 3 (732 palavras) Publicado: 24 de junho de 2011
JOHN MAYNARD KEYNES

John Maynard Keynes foi um economista britânico que defendia a política econômica de Estado intervencionista; suas idéias são a base para a economia Keynesiana. Keynesnasceu em Cambridge, Reino Unido, em 5 de junho de 1883. Seu pai, o renomeado economista John Neville Keynes, ocupou o cargo de vice-reitor acadêmico da Universidade de Cambridge e sua mãe foi uma dasprimeiras mulheres graduadas por essa universidade, também atuando como prefeita de Cambridge até 1932; ambos serviram de exemplo para o filho.
Keynes estudou em Eton e no King’s College; tornou-seprofessor de economia em Cambridge e colaborou em diversas missões do governo britânico, entre elas a Conferência de Paz de Versalhes. Keynes tinha uma particularidade física, media 1,98 metros dealtura. Não teve filhos, podendo se dedicar ao máximo a carreira profissional.
Na década de 1930, Keynes iniciou uma revolução no pensamento econômico. Como defensor da economia intervencionista, elese opôs às ideias da economia neoclássica que defendiam os mercados livres. A influência de Keynes na política econômica declinou na década de 1970, parcialmente como resultado de problemas quecomeçaram a afligir as economias estadunidense e britânica. Entretanto, o advento da crise econômica global do final da década de 2000 causou um ressurgimento do pensamento keynesiano.
Keynes é amplamenteconsiderado o pai da macroeconomia moderna e, de acordo com comentaristas , é o economista mais influente do século XX.

Princípio da demanda efetiva

O princípio da demanda efetiva éapresentado no capítulo 3 da Teoria geral. Esse princípio é a grande inovação de Keynes e a essência da Teoria geral, como ele mesmo confessa. Começamos dizendo que o princípio da demanda efetiva é ooposto da lei de Say.
Em outras palavras, quem determina o volume da produção e, portanto, o volume do emprego é a demanda efetiva que não é apenas a demanda efetivamente realizada, mas ainda o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Números Índices
  • Numero indice
  • Numeros Indices
  • números índices
  • NUMEROS INDICES
  • Números índices
  • Números Índices
  • Numeros indices

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!