Níveis de Assistência em Nutrição

Páginas: 6 (1291 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014

NÍVEIS DE ASSISTÊNCIA EM NUTRIÇÃO

Janete Maculevicius; Margareth L. L. De Fornasari; Yara Carnevalli Baxter.

Resumo: A atuação do nutricionista na área hospitalar é diversificada, abrangendo atividades de planejamento, produção de refeições, assistência, ensino e pesquisa. Objetivando proporcionar ao nutricionista um instrumento de trabalho seguro em assistência de nutrição, foiestabelecido o atendimento por níveis de acordo com o grau de ações necessários do nutricionista no atendimento de cada caso, aplicado à dieta e ao tratamento do doente. A classificação do atendimento por níveis de assistência, possibilita ainda a padronização dos procedimentos, a mensuração do tempo dispendido neste atendimento e o estabelecimento de padrões de qualidade em assistência em nutrição.Esta categorização do atendimento de nutrição mostra-se vantajosa não só para o profissional, para a equipe multidisciplinar e para o serviço de nutrição como principalmente benéfica para o paciente.
Descritores: Assistência de nutrição; evolução dietoterápica; condutas dietoterápicas.



A atuação do nutricionista na área hospitalar é muito diversificada, compreendendo atividades deplanejamento, produção e distribuição de refeições, de assistência direta à pacientes em nível interno ou externo (ambulatoriais), além daquelas de ensino e pesquisa.
Periodicamente vários fatos e circunstâncias, (assim como a própria evolução das técnicas de assistência clínica), nos levam a avaliar a atuação do nutricionista nas diversas áreas da Divisão de Nutrição e Dietética do Instituto Central doHC – FMUSP, como aconteceu a partir de 1985, quando as nutricionistas operacionais atuantes em Unidades de Internação propuseram um projeto para aplicação dos procedimentos de avaliação nutricional junto a todos os pacientes internados. A proposta foi aceita, sendo elaborado para isso um impresso específico para essa avaliação e o trabalho iniciado, porém, após um tempo podemos constatar que osresultados não ficaram, em sua grande maioria, registrados para o serviço, uma vez que os nutricionistas por motivos não fazem parte desta exposição, fizeram seus levantamentos mas ficaram de posse deles, não sendo tabulados os dados, ficando o trabalho válido, apenas, como exercício para aplicação de procedimentos e métodos de avaliação nutricional.
Verificamos também que para que se evitemproblemas semelhantes no futuro, é importante a existência de um mecanismo de registro oficial que faça parte do prontuário do paciente, e, sendo assim, foi determinado o uso do impresso denominado ”Evolução Dietoterápica”, já aprovado pela Comissão de Prontuários do hospital para ser preenchido pelos nutricionista e tornar-se componente oficial do prontuário, a partir de 1988.
Desde a implantação douso do impresso, constatou-se uma certa dificuldade sobre o que deveria ser anotado. Em sequência, e considerando sermos um hospital-escola de grande porte, envolvendo um número considerável de leitos e números limitados de nutricionistas atuantes, sentiu-se a necessidade de efetuar um estudo de tempo e movimento com os nutricionistas da área de internação, para avaliação do tempo gasto peloprofissional no atendimento de nutrição.
Após a tabulação dos dados , percebeu-se que o tempo dispendido por esses profissionais, variava muito de uma especialidade para outra, mesmo com rotinas operacionais sistematizadas e bem definidas e independente do “timer” individual, de cada nutricionista.
Aprofundamos mais a análise dos dados e percebemos, a princípio, que em algumas especialidadesmédicas exigia-se um número maior de procedimentos que em outras. Assim, fomos agrupando os dados obtidos o que nos levou a uma categorização didática, classificando-os em três níveis, surgindo dai a ideia dos 'níveis de assistência em nutrição”.
Iniciamos a implantação através do Serviço de Atendimento Ambulatorial da Divisão de Nutrição e Dietética, para onde são encaminhados os pacientes externos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Níveis de Gestão do Sistema Único de Assistência Social
  • Assistencia de Enfermagem na Alimentação: Nutrição Enteral e Parenteral.
  • AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE SATISFAÇÃO DAS PUÉRPERAS FRENTE À ASSISTÊNCIA PRESTADA PELO ENFERMEIRO NO PERÍODO...
  • Assistência
  • ASSISTENCIA
  • Assistencia
  • assistencia
  • assistencia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!