Mulheres Afegãs

Páginas: 6 (1412 palavras) Publicado: 3 de setembro de 2014
Mulheres Afegãs
Apresentação Oral de Português
Boa Tarde, caros colegas! Venho hoje partilhar convosco um tema pelo qual tenho especial interesse: As Mulheres Afegãs.
Espero que gostem!
Afeganistão
Quando ouvimos falar de mulheres que vivem no Afeganistão associamos, infelizmente, a guerra, à sua religião predominante, o Islamismo, a violência contra a mulher, a casamentos forçados e aburqas.
É precisamente sobre estes aspetos que vos irei falar.
Só para terem uma ideia a esperança média de vida neste país é de 43 anos.
Papel da Mulher
(Primeiramente, começo por referir o papel da mulheres afegã na sociedade e a família)
Nesta sociedade o papel das mulheres, em famílias mais extremistas e antiquadas, resume-se:
nascer e crescer rejeita pelo pai
a aprender a ser uma boa donade casa,
casar com um marido arranjado pela sua família ainda muito novas, em muitos dos casos para pagar dívidas,
a criar os seus filhos e os das outras esposas do seu marido,
a levar tareia do marido ou chefe de família (algumas afirmam que se o marido não lhes bate é porque não as ama),
obedecer a tudo o que este ordenar,
ficar fechadas a cuidar da casa, não tendo nem nenhumaprofissão nem nenhum papel ativo na sociedade.
Não praticamente não têm direito ao estudo:
82% das meninas abandonam a escola antes de terminarem o sexto grau.
Estima-se que 70% das afegãs sejam analfabetas.
Embora existam algumas exceções e se esteja no bom caminho para mudar estes dados.
Burqa
A primeira associação que fazemos à mulher afegã é, sem dúvida, a burqa.
A burqa consiste numa vestefeminina feita de pano azul (por muitas afegãs considerado um saco azul e pesado) que cobre todo o corpo, até o rosto e os olhos, porém existe uma rede na zona dos olhos para que possa ver.
Impede a visão lateral e torna difícil ver os pés.
Não é especificamente mencionada no Corão.
Muitos ocidentais vêm a burqa como um símbolo de opressão feminina e do fundamentalismo religioso. No entanto,para as afegãs é uma peça tradicional, é algo que lhes garante alguma privacidade e segurança.



Os Talibã
A burqa é também um símbolo dos talibã dado que durante o seu período de governo era uma obrigação vesti-lo.
Os talibã são um movimento islamita extremista que governou o Afeganistão entre 1996 e 2001, tendo começado a invadir este país já no ano de 1994.
Os talibãs impuseram imensas eintensas regras às mulheres deste país. As regras baseiam-se na proteção exagerada e, ao mesmo tempo, na desvalorização da mulher, que é tratada desumanamente e como um ser inferior:
Algumas Regras
Existem várias restrições no vestuário e a sua presença é quase proibida.
Permitem que se exerça violência sobre a mulher
Não pode ter qualquer contacto com homens
Não podem usufruir de serviçospúblicos e note-se que o testemunho de uma mulher vale metade do de um homem.

O Pós-Talibã
Apesar dos avanços sociais desde a queda do regime talibã há 12 anos, os direitos das mulheres no Afeganistão continuam a ser violados.


“Direitos” das Mulheres
Só podem casar-se com um muçulmano ( para homens)
Só podem se casar uma vez (homens, até 4)
Podem ser divorciadas basta que o homem diga 3vezes “eu me divorcio” (referir o livro)
Esposas podem ser violentadas
Direito de herança (a homem duas vezes maior)
Em casos de adultério ou violação, a mulher precisa do testemunho de quatro homens. Se não provar sua inocência (mesmo a violação), é apedrejada.
Esposas podem ser violadas.
As mulheres devem ser circuncisadas para que não tenham prazer

Casamentos arranjados e casamentoscom menores
Existe uma lei nacional vigente que proíbe o casamento antes dos 16 anos.
No entanto, a realidade é muito diferente! Na prática, apenas com seus nove anos (sendo mais comum entre os 13 e 17 anos e engravidar por volta dos 17 e 19), as crianças são forçadas a estabelecer uma relação conjugal.
60 % das mulheres são obrigadas a casar-se sendo ainda muito novas.
(Uma curiosidade:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Guerra do Afega
  • Cultura Afegã/Caçador de Pipas
  • Uma mulher é uma mulher
  • Mulheres
  • mulher
  • Mulheres
  • A mulher que é mulher
  • mulher

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!