Motivação emocional

Páginas: 17 (4245 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2011
MOTIVAÇÃO EMOCIONAL

A motivação: uma perspectiva histórica

Os motivos começaram a serem importantes em psicologia, no início do século XX, em grande parte por causa dos esforços do cientista britânico William McDouglas (1871-1938), este era um especialista em comportamento. Ele chamava a motivação ou os motivos como “instintos”, e definia-os como forças irracionais, compulsórias, que davamforma virtualmente a tudo o que as pessoas faziam, sentiam, percebiam e pensavam. Muitos dos primeiros psicólogos aceitaram a opinião de McDougall, e puseram-se a trabalhar procurando identificar os instintos específicos que poderiam responder por todas as acções humanas.
O Mcdougall, publicou uma lista em 1908, onde íncluia curiosidade, repulsa, agressão, auto-afirmação, fuga, etc, muitoscientistas do comportamento não estavam satisfeitos com a s listas, e passaram a citar milhares de instintos, daí ficou claro que cada acto é um instinto (ou motivo), que não era produtivo e que não contribuía para qualquer entendimento real do motivo pelo qual os organismos se comportam e como se comportam.
Nas palavras de um crítico, dizia-se que o homem é impelido á acção pelos seus instintos, seele vai com os seus companheiros é chamado “o instinto gregário”, porque está a actuar, se ele anda só, é o “instinto anti-social”, se luta é o “instínto da pugna,
se é uma pessoa diferente, tem um “instinto de auto-rebaixamento”, assim tudo é explicado com a facilidade de magia.

DEFINIÇÃO DOS TERMOS DA MOTIVAÇÃO

Os psicólogos usam as palavras “motivo”, “necessidade”, “impulso” e “instinto”de maneiras específicas. Todos estes termos são constructos, processos internos hipotéticos que parecem explicar o comportamento, mas que não são observáveis directamente ou medidos. Motivo ou motivação, referiam-se a um estado interno que resultava da necessidade e que activava ou despertava o comportamento, dirigido a necessidade activante.
A motivação pode ser o resultado da interacção entre umindividuo e a situação, o que ajuda desde logo a entender as origens individuais e situacional na variabilidade dos estados motivacionais.

Era equivalente ao desejo de adoptar elevados níveis de esforço com o objectivo organizacional, levando à satisfação das necessidades individuais, o esforço, a necessidade e o objectivo foram os principais elementos que definiram a motivação.
Os motivosactuavam sobre numerosos modelos, e teorias que activavam o comportamento. Um modelo utilizado era o modelo hoemostático, este baseava-se na necessidade quando o corpo se afastava do seu estado ideal, esse estado era determinado por hereditariedade e experiência, para restaurar o equilíbrio, a necessidade activa um motivo, o motivo provocava um comportamento que visava á condição de equilíbrio.Deste modelo, concluíram que os motivos faziam parte do corpo para a auto-regulação, ou homeostase, um exemplo que podemos aplicar a este modelo é o caso de “fomes específicas”, fazendo uma dieta equilibrada. Os incentivos, as emoções e cognições, são alguns dos impulsos básicos inseridos no modelo homeostático, os incentivos estimulam certas cognições e emoções. Os pensamentos e os sentimentosactivados pelo incentivo despertam um certo nível de motivação, esta tende a activar o comportamento que visa a garantir incentivo, estas acções influenciaram as cognições e emoções, as quais fazem diminuir, manter ou fortalecer a motivação.

MOTIVOS EMOCIONAIS

Falar de emoções, é falar de diferentes reacções que exercem diversos efeitos sobre o comportamento, estas são reacções fisiológicas epsicológicas que influenciam na percepção, na aprendizagem e no desempenho. A área de emoção torna-se complicada quando existe falta de concordância geral quanto á sua definição básica da natureza do conceito, por exemplo, algumas pessoas colocavam-se na posição de que a emoção é um processo inteiramente distinto da motivação, outras afirmavam que as emoções eram simplesmente uma classe de motivos,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Motivação e inteligencia emocional
  • Violência psíquica e emocional: Um fardo para a motivação do idoso no mercado de trabalho
  • emocional
  • Motivação
  • Motivação
  • Motivação
  • Motivação
  • MOTIVAÇÃO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!