Motivação do lider

Páginas: 6 (1477 palavras) Publicado: 18 de março de 2013
Balança de Pagamentos
A balança de pagamentos registou um excedente de 3.467,4 milhões de escudos (2,6% do PIB). O défice da balança corrente registou uma significativa redução no 1º trimestre de 2008, quer em termos homólogos (89,3%), quer relativamente ao 4º trimestre do ano anterior(94,7%), fixando-se em 156,1 milhões de escudos. Não obstante, a redução das necessidades de financiamento daeconomia não se fez acompanhar da diminuição do saldo líquido da balança financeira, devido ao aumento substancial da taxa de realização do investimento directo estrangeiro. Quadro 3.2.1
25000 20000 15000 10000 milhões de CVE 5000 0 2º tri 06 3º tri 06 4º tri 06 2º tri 07 3º tri 07 4º tri 07 1º tri 06 1º tri 07 -5000 -10000 -15000 Bens -20000 1º tri 08
4º tri 07

Activos de Reservas DívidaExterna Investimento de Carteira Investimento Directo Estrangeiro Transferências de Capital Transferências Correntes Rendimentos Serviços

Comunicado

Balança Corrente
O défice corrente fixou-se nos 0,12% do PIB, no primeiro trimestre do ano. O comportamento da balança corrente nos três primeiros meses do ano é explicado, principalmente, pelo forte crescimento das exportações líquidas de serviços(29,5%, em termos homólogos), aliado a uma estabilização do défice da balança de bens.

15 10 5 0 -5 -10 -15

em percentagem do PIB

2º tri 07

3º tri 07

1º tri 07

Regista-se, igualmente, no período, um -20 aumento de cerca de 3,8% das transfe-25 rências correntes, enquanto que os rendiExportações B & S Importações B & S Conta Corrente mentos observam um agravamento de 31,5% emtermos homólogos, relacionados principalmente com a distribuição de lucros e dividendos aos investidores externos.

Balança Comercial de Bens
O défice de bens cresce 0,9%, relativamente ao período homólogo. A evolução da balança comercial de bens reflecte a desaceleração das importações de bens dos 36,5% registados em termos homólogos no 4º trimestre de 2007, para 8%, combinada com um aumentosignificativo das exportações de bens (70%, em termos homólogos). Por categoria de bens, verifica-se uma redução em valor das importações de bens de capital e de combustíveis, de 11% e 11,6%, respectivamente, aliada a uma desaceleração das importações de bens de consumo dos, 16% observados no 4º trimestre, para 5,7%.
S E C T O R E X T ER N O 1 º TR I M ES T R E D E 2 0 0 8

1º tri 08

Note-se queo acréscimo das importações de bens de consumo é explicado, no essencial, pelo aumento dos preços dos bens importados, pois em termos de volume regista-se uma diminuição de 10%.
Importações por Categoria de Bens (em percentagem) ∆ valor Bens de Consumo Bens Intermédios Capitais Combustíveis Outros Total Fonte: Direcção Geral das Alfândegas 5,67 25,48 -10,95 -11,55 15,40 6,24 ∆ volume -10,02 24,81-39,28 -28,11 179,54 8,68

As exportações de bens em portos e aeroportos internacionais, onde se incluem os fornecimentos de combustíveis a navios e aviões internacionais, passam a representar 72,8% das exportações totais de bens e explicam em grande medida o comportamento das exportações de bens, neste trimestre. O dinamismo do sector turístico, bem como o actual ambiente de negócios do país,têm favorecido, nomeadamente pela via do aumento do número de voos das companhias aéreas estrangeiras, a evolução mais recente desta rubrica da balança de bens. Para as exportações de bens contribuíram, ainda, o forte crescimento das exportações de mercadorias tradicionais, pescado, (50,7%, em termos homólogos), que têm como destino principal Chipre, Marrocos e Espanha. As exportações tradicionaisdas empresas, vestuário e calçado, por seu turno, destinaram-se sobretudo a Portugal. Quadro 3.2.7

Serviços
O excedente dos serviços atinge os 4,3% do PIB, no primeiro trimestre. A balança de serviço continua sendo a componente mais dinâmica da balança corrente, registando no 1º trimestre um saldo líquido de 5.657,8 milhões de CVE, cerca de 1.288 milhões de CVE a mais do que o verificado em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Motivação e lider
  • O papel do lider na motivação
  • MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO E A IMPORTANCIA DO LIDER
  • O papel do lider na motivação
  • Projeto de motivação para líderes
  • Chefes, líderes e motivação
  • O líder e sua influência na motivação da equipe
  • O líder e a sua influencia na motivação a equipe.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!