Morte

Páginas: 6 (1260 palavras) Publicado: 11 de novembro de 2014

Morte,
um dilema filosófico.














Introdução
Neste trabalho o tema abordado é a morte e a opnião de filósofos acerca da mesma, discorrendo como não há como fugir da morte e as polêmicas e dilemas que ela trás consigo.



















Morte um dilema filósofico.
Cogitam-se com pouca frequência à cerca da morte, pois este é um assuntoque assusta muitas pessoas, principalmente, as que perecem por falta de conhecimento sobre ela. Grande parte da população atual tem negado a morte, escondendo-a, sobretudo, das crianças, nas quais crescem à margem desta verdade, sem saber que um dia hão de morrer.
Pessoas utilizam cada vez mais simbologias da morte e não sabem como exemplo dessa verdade tem o relógio que grande parte da população mundial outiliza no pulso ou o tem em casa, pendurado em uma parede, sem saber que só o utilizamos porque temos certeza de que somos finitos e um dia iremos morrer, logo precisamos organizar nosso tempo de vida, diariamente, a fim de resolvermos nossos problemas.
Segundo o filósofo contemporâneo Sartre, “Se temos de morrer, nossa vida carece de sentido, porque seus problemas não recebem qualquer solução ea própria significação dos problemas permanece indeterminada”, a morte é um absurdo, pois se temos de solucionar alguns problemas que construímos em vida e partimos para a morte sem resolvê-los, não há sentido algum, logo a morte torna-se algo de extremo absurdo.
A morte pode ser descrita como uma passagem, supomos que tenha um caminho até uma porta, e ao abrirmos a porta e nela entrarmosestaremos morrendo, logo ao ultrapassarmos esta estaremos mortos. Temos consciência que a morte é o destino inexorável de todos os seres vivos, pela consciência de que um dia morreremos temos angústia de morte e nos tem levado à crença na imortalidade e na aceitação do sobrenatural e esse é o grande motivo no qual temos fé em seres inanimados, que não
vemos, mas cremos, em um ser superior, em um Deus.Para filósofos, a morte é uma situação-limite, única, uma tragédia solitária. Não há como lhe fugir.Não ha nada antes da morte não ha nada depois da morte do homem. O dilema filosófico.De onde vim, quem eu sou, para onde vou?
Os filósofos e a morte
Em todos os tempos a morte aparece como enigma. Admiti-la como um acontecimento inevitável pode nos levar á reflexão épica sobre “como devemosviver”: A seguir, como pensaram alguns filósofos.
Sócrates e Platão
Ele defendia a imortalidade da alma e que o ser humano é um espírito encarnado, ou seja, uma entidade espiritual que vive por algum tempo na matéria. Anteriormente a este estágio, a alma vivia no mundo físico a alma normalmente se conturba e fica perdida, pois está agora vinculada a objetos perecíveis. Mas , quando se volta para simesma, vislumbra novamente as ideias puras, eternas e imortais que outrora, conhecera. A morte é fundamental para sócrates , porque permite que a alma se distancie novamente da matéria orgânica e na essencial esfera, alcance o verdadeiro conhecimento, só então o ser será livre para atingir o saber em sua forma mais pura. Ele acredita que, por este motivo os filosofos genuínos estão prontos paramorrer, pois desejam, mais que ninguém, conhecer a essência.

Epicuro: não temer a morte
Para Epicuro, a morte nada significa porque ela não existe para os vivos e os mortos não estão mais aqui para explica-la. Quando pensamos na nossa própria morte, podemos nos imaginar mortos, mas não sabemos a experiência do morrer. Ele lamenta que a maioria das pessoas fuja da morte como se fosse o maior dosmales, mas para ele não há vantagens em ter a alma imortal, vale a maneira pela qual se escolhe morrer. Para o filósofo, em sua concepção hedonista, o bem se encontra no morrer. E nossa sociedade comtemporânea é hedonista pois identifica a felicidade com a satisfação imediata gerada pelos prazeres, a maioria fúteis, e que é incapaz de tolerar desconfortos como dores, doenças e claro, a morte....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Morte
  • Morte
  • A morte
  • A morte
  • a morte
  • MORTE
  • A morte
  • A Morte

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!