Mortalidade Infantil

Páginas: 7 (1603 palavras) Publicado: 8 de dezembro de 2014
FACNORTE - FACULDADE DO NORTE DO PARANÁ
INSTITUTO QUALIFIQUE E CONSULTORIA
DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISAS
MESTRADO EM SAÚDE COLETIVA E GESTÃO HOSPITALAR



MORTALIDADE INFANTIL
PERFIL DA MORTALIDADE INFANTIL NO INSTITUTO DA MULHER DONA LINDU




GISELE CRISTINE BARROS BATÁGLIA
ISOLDA MARIA FONSECA DE OLIVEIRA
JORGE FERNANDO FECURY DA GAMA
JOÃO BOSCO BRITO DEOLIVEIRA
KELLY CRISTINA FERREIRA DE SÁ
LUCIANA FELIZ PAES
MARILENE FACUNDES GOMES
MICILENE PINHEIRO SOUZA
MEIRISÂNGELA DE LIMA SANTOS
TARCILA CORREA LISBOA




Manaus – AM
2014
GISELE CRISTINE BARROS BATÁGLIA
ISOLDA MARIA FONSECA DE OLIVEIRA
JORGE FERNANDO FECURY DA GAMA
JOÃO BOSCO BRITO DE OLIVEIRA
KELLY CRISTINA FERREIRA DE SÁLUCIANA FELIZ PAES
MARILENE FACUNDES GOMES
MICILENE PINHEIRO SOUZA
MEIRISÂNGELA DE LIMA SANTOS
TARCILA CORREA LISBOA


MORTALIDADE INFANTIL
PERFIL DA MORTALIDADE INFANTIL NO INSTITUTO DA MULHER DONA LINDU


Pré - Projeto apresentado ao Curso de Mestrado da Faculdade do Norte do Paraná como avaliação da Disciplina de AnaliseEpidemiológicas das Doenças


Orientadora: Drª. Francimeire Gomes Pinheiro




MANAUS - AM
2014

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO .04
2. JUSTIFICATIVA .06
3. OBJETIVOS .07
3.1 GERAL .07
3.2 ESPECÍFICOS .07

4. METODOLOGIA DA PESQUISA .07

5. CRONOGRAMA .08

REFERÊNCIAS .09

ANEXOS...............................................................................................................101. INTRODUÇÃO

A mortalidade infantil é ainda hoje um tema de interesse em saúde pública principalmente em países em desenvolvimento como o Brasil. A região sul do Brasil devido às suas características sócio-econômicas, de maior concentração de renda e melhores níveis educacionais, tem registrado índices de mortalidade relativamente baixos quando comparado àregião norte e nordeste do país. Estes, no entanto, ainda estão distantes dos patamares atingidos por países desenvolvidos e, portanto, estudos mais aprofundados sobre o tema são necessários para auxiliar na escolha de novas políticas de saúde e medidas de prevenção (BRASIL, 2014).

As taxas de mortalidade infantil vêm declinando no Brasil desde o início do século XX. Tradicionalmente utilizado nasaúde pública para comparação dos níveis de saúde entre países, esse indicador reflete as condições de vida de uma população, dado que a criança com menos de um ano é extremamente sensível às condições socioeconômicas e ambientais. É importante lembrar que o sub-registro de nascimentos e de óbitos, a definição de nascido vivo e erros de preenchimento induzem as frequentes distorções na sua composição(BRASIL, 2009).

O coeficiente de mortalidade infantil é reconhecido como um dos mais sensíveis indicadores de saúde, pois a morte de crianças menores de um ano é diretamente influenciada por condições de pré-natal, gravidez, história materna, conduta e doenças maternas, ruptura precoce de membrana, gemelaridade, idade materna, consanguinidade, procedimentos perinatais, mortalidade perinatal,condições e tipo de parto, síndrome da morte súbita, estado marital, intervalo entre partos, diferença racial materna e infantil, condições socioeconômicas, prematuridade, baixo peso ao nascer, más formações congênitas, mães portadoras do HIV e de outras doenças infecto contagiosas e etc. Conhecer o perfil da mortalidade infantil é fundamental para a formulação de estratégias que permitam o seucontrole (BRASIL, 2008).

De acordo com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS), tem ocorrido um progressivo aperfeiçoamento dos sistemas de informação que fornecem dados para o cálculo da Taxa de Mortalidade Infantil (TMI) – o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) –, resultando em crescente cobertura...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • mortalidade infantil
  • Mortalidade infantil
  • Mortalidade Infantil
  • Mortalidade infantil
  • mortalidade infantil
  • Mortalidade Infantil
  • Mortalidade infantil
  • Mortalidade Infantil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!