MORRO DO CASTELO

Páginas: 257 (64224 palavras) Publicado: 6 de março de 2015
SUELI DE FÁTIMA FERNANDES

EDUCAÇÃO BILÍNGÜE PARA SURDOS:
IDENTIDADES, DIFERENÇAS, CONTRADIÇÕES E MISTÉRIOS

Tese apresentada como requisito parcial à
obtenção do grau de Doutorem Letras, área de
concentração Estudos Lingüísticos, Curso de
Pós-Graduação em Letras, Setor de Ciências
Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal
do Paraná.
Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto FaracoCo-orientadora: Prof.3 Dr.a Regina Maria de
Souza

CURITIBA

2003

UFPR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA
SETOR DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES
COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM LETRAS

PARECER

Defesa de tese da doutoranda SUELI DE FÁTIMA
FERNANDES para obtenção do título de Doutor em Letras.
Os abaixo assinados Carlos Alberto Faraco, Regina Maria
de Souza, Ronice Mullerde Quadros, Marilia Gomes de Carvalho e João
Alfredo Dal Bello argüiram, nesta data, a candidata, a qual apresentou a tese:
"EDUCAÇÃO
BILÍNGÜE
PARA
SURDOS:
IDENTIDADE, DIFERENÇAS, CONTRADIÇÕES E MISTÉRIOS"
Procedida a argüição segundo o protocolo aprovado pelo
Colegiado do Curso, a Banca é de parecer que a candidata está apta ao título
de Doutora em Letras, tendo merecido os conceitosabaixo:
Assinatura

Banca

Aprovado
Não aprovado

AHOÚÚO-

Carlos Alberto Faraco

A ¿ /

Regina Maria de Souza

A

rt/bl-t-t/avù'^

Ronice Muller de Quadros
/

Marilia Gomes de Carvalho



/

João Alfredo Dal Bello
Curitiba, 09 de dezembro de 2003.

TlA (MA.I-WL
Prof. 3 Marilene Weinhardt
Coordenadora

Verdade
A porta estava aberta,
Mas só deixava passar
Meiapessoa de cada vez.
Assim não era possível atingir toda
a verdade,
Porque a meia pessoa que entrava
Só trazia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade
Voltava igualmente com meio perfil.
E os meios perfis não coincidiam.
Chegou-se a discutir qual a metade
mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente
bela.
E carecia optar. Cada uma optou
conforme seu capricho, sua ilusão,
suamiopia.
Carlos Drummond de Andrade

ii

(...) é a tradição do ietramento o que impede ao outro o
seu Ietramento? Ê a alteridade do outro o que proíbe
ao Ietramento ser aquilo que pensamos que é?
Somos, por acaso, reféns de um outro que não se
submete as nossas formas de oferecer a língua? São
eles um mistério e o Ietramento a forma de desvendálo?
Carlos Skliar (Minorias e Ietramento)iii

AGRADECIMENTOS

Agradecer não é tarefa fácil, não pelo ato em si, mas pelo temor de não
fazermos justiça ao esquecermos alguns daqueles que inspiraram a nossa
ação nessa caminhada histórica que se iniciou há quatro anos.
Obviamente os que estão mais próximos de nós serão sempre citados,
comemorados, denominados. Porém há tantos outros que se ofereceram ao
diálogo, intencionalmente ounão, e fizeram parte dessa construção que
também merecem nosso obrigada, mesmo que não sejam explicitamente
lembrados.
Meu primeiro agradecimento está direcionado ao Ente Supremo. Porque
acredito na força divina que dele emana e delimita nossos caminhos, nos
conduzindo a determinadas escolhas que nos permitem ser e estar nesse
mundo para cumprir uma missão cósmica.
Minha família, que é oalicerce mais forte de minha existência, me
permitiu

ser

o que sou

pela força

afetiva

que

me

impulsionou

em

absolutamente todos os momentos, com palavras de amor, de atenção, de
entusiasmo, de orgulho, de doação. Pai e mãe, tenho certeza de que não seria
possível sem vocês. Oda, Filipe e Gustavo, perdão pela ausência, obrigada
pela doação e compreensão. Tudo o que memove resulta da importância que
vocês têm em minha vida.
Minhas amigas e companheiras, obrigada por me fazer acreditar que eu
tinha uma contribuição a dar, um projeto a consolidar, uma realidade a
transformar no cenário educacional. Vocês alimentaram o meu desejo de
continuar, de fazer valer a ética de minha verdade, ainda que não de forma
absoluta. Josefa, Vera, Karin, Miriam, Lilian,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Reforma Urbana E Os Moradores Do Morro Do Castelo
  • castelos
  • morros
  • castelo
  • O Morro da Providência
  • mares de morros
  • morro do bumba
  • morro de mar

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!