Moradores de rua

Páginas: 7 (1564 palavras) Publicado: 1 de junho de 2013
http://revistapuca.estacio.br/ 77 Puçá: Revista de Comunicação e Cultura na Amazônia. Belém, v. 1, n1. p. 77- 102, jan./jun. 2011
MORADOR DE RUA: Da questão social para a questão midiática
Delano Augusto Corrêa de Almeida1
INTRODUÇÃO
A Constituição Federal do Brasil, de 1988, assegura sobre os direitos sociais, no capítulo II, Art. 6o que: “São direitos sociais a educação, a saúde, otrabalho, a moradia, o lazer, a segurança [...]”. (BRASIL, 2009, p. 16)
No entanto, a realidade aponta para a ausência desta isonomia. Fator determinante é o sistema no qual vivemos. O capitalismo dita outras leis. A pessoa que não possui dinheiro, não gera renda e não consome, já está automaticamente fora das benesses sociais.
Colocado à margem da sociedade, o indivíduo que não “respeita estasregras” – como se fosse o único responsável – conseqüentemente pagará um preço. Perderá a sua condição de cidadão. Não possuindo mais a capacidade de manter o seu próprio bem-estar, irá procurar como último recurso as ruas para morar. Tornará o espaço público sua própria casa.
Surge desta forma o morador de rua. Um ex-cidadão. Sujeito apagado do restante da sociedade e receptor de estigmas criadospor ela própria. Exposto à miséria, é evidente que seus direitos não são assegurados pelas instituições que têm este objetivo.

Economicamente, o sistema capitalista rege o nosso modo de vida. Vivenciamos uma divisão social baseada na obtenção e geração de renda. As classes sociais são divisoras de status social. O fator econômico é determinante na garantia de melhor educação, moradia, saúde,segurança e até entretenimento. Aprecia-se o consumo como uma lei que dita o direito pela cidadania. Como conseqüência, aquele indivíduo que estiver fora deste padrão criado pelo capitalismo, não é considerado um cidadão ou um cidadão por completo. Não possui de forma plena todos os bônus que advém do bem-estar social.

A cidadania plena [...] – uma combinação de “liberdade”, “participação” e“igualdade para todos” – “é um ideal desenvolvido no Ocidente e talvez inatingível” [...]. Ele define cidadão pleno “aquele que fosse titular dos 3 direitos” [civis, políticos e sociais, mas acrescentamos a estes um quarto direito, referente à preservação da dignidade]; os que não se beneficiassem de nenhum direito seriam não-cidadãos ou (...) cidadãos incompletos” (ibidem).” (CARVALHO, 2003 apudGIORGETTI, 2006, p.84).
Ressalta-se o fato de que quem detém o poder econômico é quem possui maior influência no poder político.
No entanto, esta realidade é distante para muitos. Para indivíduos que caem no esquecimento da própria sociedade. Tornam-se invisíveis aos olhos dos cidadãos, ora provocando estranheza como se não fossem seres humanos ora piedade. Estereotipados em imagens de pessoassujas, fedorentas, doentes, viciadas, criminosas e violentas.
[...] nós as olhamos amedrontados, de soslaio, com uma expressão de constrangimento. Alguns as vêem como perigosas, apressam o passo. Outros logo as consideram vagabundas e que ali estão por não quererem trabalhar, olhando-as com hostilidade. Muitos atravessam a rua com receio de serem abordados por pedido de esmola, ou mesmo porpré-conceberem que são pessoas sujas e mal cheirosas. Há também aqueles que delas sentem pena e olham-nas com comoção ou piedade. Enfim, é comum negligenciarmos involuntariamente o contato com elas. Habituados com suas presenças, parece que estamos dessensibilizados em relação à sua condição (sub) humana. Em atitude mais violenta, alguns chegam a xingá-las e até mesmo agredi-las ou queimá-las, como em algunslamentáveis casos noticiados pela imprensa. (MATTOS & FERREIRA, 2004, p. 2)
agredi-las ou queimá-las, como em alguns lamentáveis casos noticiados pela imprensa. (MATTOS & FERREIRA, 2004, p. 2)
Popularmente, estes indivíduos são chamados de mendigos. Academicamente, o termo utilizado é morador de rua.
Temos adotado a expressão morador de rua (embora ele deixe a desejar), pois não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Moradores de rua
  • Moradores de rua
  • Moradores de rua
  • moradores de rua
  • Moradores de rua
  • Moradores de Rua
  • MORADOR DE RUA
  • morador de rua

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!