MONTESQUIE

Páginas: 5 (1169 palavras) Publicado: 19 de julho de 2015
Resumo:
Grandeza e Decadência dos Romanos, por Montesquieu

  Pode-se dizer que  Roma obteve seu declínio a partir de sua própria expansão. Durante o período que os romanos se limitavam a habitar a península itálica e seus arredores, o exército era especificamente composto por cidadãos comuns que tinham participação política. À medida que Roma estendeu suas legiões para conquistar regiões anteshabitadas por povos inimigos, foram distanciando-se tanto geograficamente, quanto ideologicamente da República. Os membros integrantes do exército passaram a reconhecer como seus líderes os generais que foram bem sucedidos em batalhas, estratificando a unidade romana.
  Com o tempo, novos povos se aglomeraram ao seu domínio. Inicialmente para os cidadãos, não havia muita diferença entre antes edurante a dominação, seus costumes permaneceram os mesmos. Entretanto, quando o direito de burguesia romana se transformou no direito de soberania universal, os povos da Itália resolveram adquirir tal posição. No entanto, como o requisito não foi cedido através de sua solicitação, a opção escolhida foram as revoltas.
  Para cessar o embate entre os próprios cidadãos romanos, foram dispensadosgradualmente os direitos requeridos. Porém, a experiência da guerra civil desconstruiu a centralidade ideológica romana de liberdade e sobre sua participação política. Passaram a enxergar seus próximos como povos diferentes, com costumes e crenças divergentes, perderam seu patriotismo. As eleições passaram a ser marcadas por fraudes e conturbações. Enquanto seus guerreiros se mostravam fortes noexterior, Roma se destruía por dentro através de guerras civis e revoltas.
  Roma se orgulhava pelo seu ideal de liberdade e por ter conseguido avançar tanto seguindo tal conceito. No entanto, segundo Montesquieu, quando o Estado que segue tal modelo encontra dificuldades em mantê-lo, a alternativa era optar pela perda da liberdade. Não obstante, em um sistema autoritário não há a liberdade a serperdida, logo frente a qualquer problema, o Estado tendia a ser fortificado apenas. O autor confirma a tese dizendo que a república tem que estabelecer como prioridade a perpetuação do Estado. A perspectiva não possui caráter autoritário e sim realista, no qual os cidadãos tem que vigiar o tempo todo a fim de evitar as desgraças, mesmo as internas.
  Com a perda da união ideológica política, na qualtodos participavam como integrantes para o bem da sociedade, boa parte das leis que regiam a república se tornaram impotentes. Contudo pode-se notar algumas leis que foram usadas para fortalecer pequenas repúblicas e a manter sua supremacia.
  A corrupção passou a se manifestar no âmbito de forma que os cônsules subordinavam áugures afim de prolongar sua vigência em seus cargos, gerandoenriquecimentos e empobrecimentos vertiginosos. Era notada também a presença de atentados frequentes.
  Porém, no meio de tanta corrupção de valores e perda de ideais tradicionais, o autor ressalta que o povo romano manteve o valor heróico frente à suas guerras, mesmo com todas as riquezas e luxos que conquistaram através de seus próprios, e muitas vezes ilícitos, meios. Montesquieu faz um pequeno apontamentoabordando o tema das artes, no qual afirma que os romanos não o executavam, assumindo que o papel seria destinado a escravos. Limitavam-se apenas à arte da guerra, sendo o motivo para que tais tenham sobrevivido em comparação a todas as outras.
  Um grande caso a exemplificar a perda da visão unificada de Roma de que todos eram membros da mesma República foi travada por dois chefes de exército que,movidos por crueldade, ambição e inveja, Mário e Sila começaram primeira guerra civil, no sentido do Apiano. Sila realizou atos que limitavam a liberdade de Roma, ao promulgar muitas leis próprias que ampliavam a autoridade do Senado, em detrimento ao poder do povo e delegar nomeações de tribunos a seu favor.
  Além disso cometeu atrocidades como arruinar sua expedição à Ásia, a corrupção de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Montesquie
  • teoria de montesquie
  • RESENHA MONTESQUIE
  • o espirito das leis de montesquie
  • Espirito das leis montesquie
  • resumo sobre Montesquie
  • a vida sobre montesquie
  • MONTESQUIE 11º LIVRO DO ESPIRITO DAS LEIS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!