mobilidade urbana e privatização do espaço público em salvador

Páginas: 37 (9175 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
1. METODOLOGIA

A Pesquisa vem a ser o procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas aos problemas que são propostos. Seguiremos à pesquisa documental, por meio da revisão digital e bibliográfica, através da utilização do método histórico, para averiguação sobre a possibilidade de um desenvolvimento economicamente viável, socialmente justo e ambientalmentesustentável, no âmbito da cidade de Salvador, com a finalidade de esclarecer as ideias por meio de cadeias de raciocínio será utilizado o método dedutivo, iniciando-se pelas proposições mais simples e evidentes, das teorias e leis gerais até alcançar a determinação ou previsão de fenômenos particulares.
O delineamento do presente estudo será feito por meio da pesquisa bibliográfica, a qual consisteem colocar à disposição do pesquisador tudo o que foi escrito, dito ou filmado sobre o assunto em questão.
Para tanto será efetuado um apanhado geral sobre os principais trabalhos já realizados sobre o tema com o fito de conhecer as contribuições científicas dos

2. INTRODUÇÃO

Neste trabalho que possuí como tema central, orientador: “Cidade e Periferia1; privativação do espaço público emobilidade urbana” serão analisados as incongruências presentes nas periferias das cidades, a privatização dos espaços públicos e a questão da mobilidade urbana na cidade de Salvador, por meio de uma perspectiva na qual a grande incógnita é se há possibilidade de um desenvolvimento economicamente viável e socialmente justo; por meio de um processo linear histórico para melhor visualização dosfenômenos que ocorreram e ocorrem na cidade de Salvador no tocante a estruturar uma análise sobre a forma como estruturou-se a cidade, facilitando o entendimento da dinâmica hodierna.
O estudo levará em conta uma analise sócio espacial da construção histórica da cidade de Salvador, a qual é uma metrópole regional que se consolidou particularmente a partir dos meados do século XX por meio do processo deindustrialização que acarretou numa aceleração do crescimento populacional da cidade. “Por questões históricas de propriedade de terra e falta de um programa habitacional, este crescimento acarretou no processo de favelização” 2:.
“O século XX terminou em frustração, deixando atrás de si uma prosperidade global sem precedentes, maculado por uma absurdamente má distribuição de recursos e rendas(entre nações e internamente a elas), por assustadores problemas sociais e humanitários, pelo horrendo histórico de guerras e genocídios e por um sistema internacional fraco demais para promover paz duradoura, equidade e desenvolvimento genuíno” (SACHS, 2000) 3.

O tema adquire desta forma uma inquestionável relevância, tendo-se em vista os impactos e a dimensão das reestruturações ocorridas nasmais distintas sociedades e territórios durante o processo de globalização, observando-se que tal processo é um evento inacabado; de consequências seletivas sobre os mais diversos territórios; contraditório; e subordinado a poderes transnacionais, os quais dependem também das decisões (locais e nacionais) no âmbito da política.

“Como se sabe, esse processo vem sendo marcado por um intensoavanço tecnológico e por transformações radicais nos padrões de produção, comercialização e consumo; por uma tendência à circulação cada vez mais ampliada de capitais e mercadorias, assim como por uma desmaterialização descente da riqueza; pela conformação de um mercado mundial e pelo enfraquecimento das instâncias reguladoras constituídas em escala nacional, com a expansão e incremento do poder deinteresses e grupos transnacionais que se superpõem às fronteiras entre países, pressionando pela redução dos ‘entraves’ à sua livre circulação e maior lucratividade, com a redução de barreiras alfandegárias e a desregulamentação e flexibilização dos mercados; e, também, por uma utilização e uma reconfiguração dos territórios, que alteram radicalmente o valor dos lugares e da sua gente” (CARVALHO,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Os desafios da mobilidade urbana em Salvador
  • Culturas urbanas e espaços públicos
  • Espaço público e espaço aberto na vida urbana
  • Mobilidade em Salvador
  • MOBILIDADE URBANA COMO FATOR DE PREVENÇÃO À CRIMINALIDADE NO CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR
  • Mobilidade Urbana
  • mobilidade urbana
  • Mobilidade Urbana

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!