microbiologia

Páginas: 9 (2027 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO
EM MICROBIOLOGIA









APARECIDA DE GOIÂNIA
2013
INTRODUÇÃO

A microbiologia é definida como a biologia dos organismos microscópicos que relaciona os organismos “invisíveis a olho nu”, pelo seu tamanho, com as principais doenças infecciosas do homem e de seus animais domésticos.
Previamente vamos definir os termos que estudaremos nesse trabalho,como limpeza que é o processo no qual a remoção da sujeira e do mau odor é feita com água e sabão detergente, já a desinfecção, é o processo de destruição dos microrganismos em forma vegetativa, mediante a aplicação de agentes físicos ou químicos. Falando em destruição de microrganismos, falaremos de esterilização, que é a destruição total de todas as formas de vida microbiana diante da aplicação deagentes físicos ou químicos, com o uso de estufas e autoclaves.












Esterilização
A melhor maneira de garantirmos a destruição de microrganismos presentes em instrumentos e equipamentos é mediante o uso do calor. A maioria dos microrganismos que causam infecções em seres humanos desenvolve-se em temperaturas próximas a do corpo, ou seja, 37ºC. Assim, ao serem expostos aaltas temperaturas, são destruídos; o que não acontece quando os colocamos em contato com baixas temperaturas, pois nesse caso o microrganismo fica apenas inibido, e não é destruído.
Alguns microrganismos produzem esporos, que são formas de resistência, podendo permanecer inativos por longos períodos e depois voltar ao estágio inicial de infectividade, portanto as técnicas de esterilização devemdestruir tanto a célula bacteriana, como os esporos.
Existem diversos métodos de esterilização: Físicos ou Químicos. Os métodos de esterilização mais empregados em laboratório são os que utilizam o calor, seja este úmido (autoclave) ou seco (estufa, ou forno de Pasteur), sendo que o desempenho do calor úmido (autoclave) é melhor.

Esterilização por calor seco (Estufa ou forno de Pasteur)

Estetipo de esterilização é realizado a temperaturas de 140ºC a 180ºC, com tempo de exposição de 60 a 120 minutos em estufas elétricas equipadas com termostatos. O calor seco ou ar quente em temperatura suficientemente alta levam a desnaturação e oxidação das proteínas, que resultam na morte dos microrganismos. A utilização do calor seco leva mais tempo que o calor úmido, mas como existem materiaisque não podem ser esterilizados no calor úmido, o calor seco é o preferido. É indicado para esterilizar vidrarias, instrumentos de corte ou de ponta, os quais pode oxidar na presença do vapor da autoclave, e materiais impermeáveis como ceras, pomadas e óleos. Para ser eficiente, este processo depende de:
Aquecimento da estufa até a temperatura desejada antes da colocação do material.
Osmateriais devem estar rigorosamente limpos e adequadamente embalados.
A colocação do material deve permitir a circulação do ar, portanto a estufa não pode estar abarrotada de material. Deve ser mantida uma distância de 2 cm entre os objetos.
O tempo de esterilização deve ser contado apenas após a colocação do material na estufa, e a partir do momento em que a temperatura foi atingida novamente.Esterilização pelo Calor Úmido
O calor úmido pode ser utilizado para destruir microrganismos presentes em materiais através das formas de: vapor d’água, água fervente e água aquecida abaixo de seu ponto de ebulição.

Água fervente
É a água levada ao ponto de ebulição: 100ºC, este procedimento destrói os microrganismos vegetativos presentes no meio líquido. Entretanto, os materiais ou objetoscontaminados não são esterilizados com segurança pois alguns esporos bacterianos podem resistir a 100ºC por mais de 1 hora.

Vapor d’água
O vapor d’água sob pressão é a mais prática e segura aplicação do calor úmido. O aparelho destinado a este fim é a AUTOCLAVE. É um processo mais eficiente para destruir os microrganismos e os esporos, que o calor seco. A autoclavação é feita a 121º C com tempo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia
  • Microbiologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!