Metodologia

Páginas: 21 (5094 palavras) Publicado: 27 de julho de 2015
Normais Climatológicas do Brasil / 1961-1990

M ETODOLOGIA
Considerações Gerais
Nesta publicação, buscou-se extrair e consolidar, de forma pragmática,
o maior número de informações confiáveis dentre três conjuntos de dados
disponíveis no Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a saber:
1 . valores que constam das “Normais Climatológicas 1961-1990”,
publicadas em 1992 pelo INMET, entãoDepartamento Nacional de
Meteorologia;
2 . valores resultantes de projeto desenvolvido no INMET, entre 2000 e
2003, internamente referidos como “Normais CMN”, sob a liderança de
Shigetoshi Sugahara, do IPMet-UNESP, e Reinaldo Bomfim da Silveira, à
época, da Coordenação-Geral de Modelagem Numérica (CMN/INMET);
3 . médias históricas do Sistema de Informações Meteorológicas (SIM),
banco de dados do INMET,extraídas pelo Serviço de Processamento
da Informação da CMN/INMET, por solicitação da Coordenação-Geral
de Desenvolvimento e Pesquisa do INMET (CDP), responsável por
esta publicação .
As normais ora publicadas são médias históricas compreendidas no período
de primeiro de janeiro de 1961 a 31 de dezembro de 1990, correspondentes a 394
estações meteorológicas de superfície do INMET, dentre aquelas emoperação
naquele período (Figura 14) . São, em geral, Normais Provisórias, segundo
conceituação e procedimentos da Organização Meteorológica Mundial (OMM),
estabelecidos no documento WCDP Nº . 10, como mencionado na Apresentação1 .

Figura 14 . Distribuição espacial das 411 estações recalculadas para o período
de 1961-1990 .
Talvez por falta de divulgação, as “Normais CNM” foram pouco utilizadas,mesmo no INMET, restringindo-se sua aplicação, quase que exclusivamente,
ao controle de qualidade dos dados utilizados nos modelos de previsão

A publicação de 1992 considerou dados de 209 estações, englobando 12

numérica do tempo .

variáveis meteorológicas .
A presente publicação, sob responsabilidade da Coordenação-Geral de
As “Normais CMN” consideraram, inicialmente, o conjunto de todas asDesenvolvimento e Pesquisa, estabelecida no INMET no final de 2005, foi

tempo durante o período 1961-1990 . Em função de falhas e interrupções

motivada, inicialmente, pelo interesse em divulgar amplamente as “Normais
CMN” . Contudo, uma análise mais detida dos resultados indicou que,

nos registros dos dados, o número final de estações aproveitadas variou

apesar da grande melhoria na qualidade dasinformações incorporadas,

bastante, conforme a variável meteorológica em foco e a época do ano . O

havia restrições de ordem prática que não recomendavam sua utilização

recálculo dessas normais seguiu rigorosamente as recomendações da OMM,
estabelecidas no Documento Técnico WMO-TD/Nº . 341 . O trabalho realizado, de

irrestrita em substituição às “Normais de 1992” . Enumeram-se, a seguir,estações meteorológicas convencionais do INMET que operaram por algum

algumas dessas restrições:

grande rigor científico, considerou erros sistemáticos e ausência de dados, tendo
desenvolvido e aplicado um sistema de controle de qualidade, utilizando análises

1 . o projeto CMN utilizou dados disponíveis no início de 2000, anteriores

do European Center for Medium Range Weather Forecasting (ECMWF) .Em

à entrada em operação do Sistema de Informações Meteorológicas do

sua íntegra, acha-se descrito no artigo “An assessment of the quality of Brazilian

INMET (SIM). Verifica-se, hoje, que parte daqueles dados continha

meteorological observations”, submetido ao Journal of Climate, em 20052 .
1  -  O termo “Normal Provisória” é empregado quando o número de anos para os 
quais se dispõe de médiasmensais, para o cômputo da média climatológica, é menor
que 30 e maior que 10.
2 - Cópias do artigo podem ser obtidas diretamente junto aos autores ou à Biblioteca
Nacional de Meteorologia (mais informações: http://www.inmet.gov.br/html/biblioteca/).

erros que foram posteriormente corrigidos pelo referido Sistema;
2 . o projeto CMN seguiu rigorosamente o “critério 3:5” da OMM, que manda...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • METODOLOGIA
  • Metodologia
  • Metodologia
  • Metodologia
  • Metodologia
  • Metodologia
  • METODOLOGIA
  • METODOLOGIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!