Metodologia

4124 palavras 17 páginas
-------------------------------------------------
Fenomenologia
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Edmund Husserl: idealizador de uma filosofia descritiva da experiência subjetiva.
Fenomenologia (do grego phainesthai - aquilo que se apresenta ou que se mostra - e logos - explicação, estudo) afirma a importância dos fenômenos da consciência, os quais devem ser estudados em si mesmos – tudo que podemos saber do mundo resume-se a esses fenômenos, a esses objetos ideais que existem na mente, cada um designado por uma palavra que representa a sua essência, sua "significação". Os objetos da Fenomenologia são dados absolutos apreendidos em intuição pura, com o propósito de descobrir estruturas essenciais dos atos (noesis) e as entidades objetivas que correspondem a elas (noema).
Edmund Husserl (1859-1938) - filósofo, matemático e lógico – é o fundador da Fenomenologia como método de investigação filosófica e estabeleceu os principais conceitos e métodos que seriam amplamente usados pelos filósofos desta tradição. O filósofo mais influente do começo do século XX, influenciado por Franz Brentano- seu mestre - lutou contra o historicismo e o psicologismo. Idealizou um recomeço para a filosofia como uma investigação subjetiva e rigorosa que se iniciaria com os estudos dos fenômenos como aparentam a mente para encontrar as verdades da razão. Suas investigações lógicas influenciaram até mesmo os filósofos e matemáticos da mais forte corrente oposta, o empirismo lógico. A Fenomenologia representou uma reação à eliminação da metafísica, pretensão de grande parte dos filósofos e cientistas do século XIX.
-------------------------------------------------
A Fenomenologia de Husserl
Husserl foi professor em Göttingen e Freiburg im Breisgau, e autor de “A ideia da Fenomenologia” – 1906. Contrariamente a todas as tendências no mundo intelectual de sua época, Husserl quis que a filosofia tivesse as bases e condições de uma ciência rigorosa. Porém, como dar rigor ao

Relacionados

  • metodologia
    1640 palavras | 7 páginas
  • Metodologia
    953 palavras | 4 páginas
  • metodologia
    470 palavras | 2 páginas
  • Metodologia
    1872 palavras | 8 páginas
  • Metodologia
    1892 palavras | 8 páginas
  • METODOLOGIAS
    2311 palavras | 10 páginas
  • Metodologia
    865 palavras | 4 páginas
  • metodologia
    4636 palavras | 19 páginas
  • O que Metodologia
    354 palavras | 2 páginas
  • metodologias
    7165 palavras | 29 páginas