Metodologia

2967 palavras 12 páginas
DOENÇA: ALZHEIMER

HISTÓRIA

A doença de Alzheimer descrita em 1906 pelo psiquiatra neuropalologista alemão Alois Alzheimer ao fazer uma autopsia, descobriu no cérebro do morto, lesões que ninguém nunca tinha visto antes. Tratava-se de um problema de dentro dos neurônios ( as células cerebrais) , os quais apareciam atrofiados em vários lugares do cérebro, e cheios de placas estranhas e fibras retorcidas, enroscadas umas nas outras.

A Patologia A Doença de Alzheimer, também conhecida como demência é a mais comum patologia que cursa com demência e erroneamente conhecida pela população como "esclerose" ou caduquice. É uma doença degenerativa do cérebro, cujas células se deterioram (neurônios) de forma lenta e progressiva, provocando uma atrofia do cérebro.

A doença afeta a memória e o funcionamento mental (por exemplo, incapacidade de raciocinar, de compreender e falar, etc.), mas pode também conduzir a outros problemas, tais como confusão, mudanças de humor e desorientação no tempo e no espaço.

A doença faz diminuir a capacidade da pessoa de se cuidar (da higiene, do vestuário, de gerir sua vida emocional e profissional) não sabendo escrever e nem fazer contas simples e elementares.

A doença de Alzheimer não é infecciosa nem contagiosa. É uma doença terminal que causa uma deterioração geral da saúde. Contudo, a causa de morte mais frequente é a pneumonia, porque à medida que a doença progride o sistema imunológico deteriora-se, e surge perda de peso, que aumenta o risco de infecções da garganta e dos pulmões.

Comparação do cérebro normal e de um cérebro com Alzheimer:

Fonte: http://www.ghente.org/ciencia/genetica/alzheimer.htm

Cada paciente de Alzheimer sofre a doença de forma única, mas existem pontos em comum, por exemplo, o sintoma primário mais comum é a perda de memória. Muitas vezes os primeiros sintomas são confundidos com problemas de idade ou de estresse. Quando a suspeita recai sobre o Mal de

Relacionados

  • metodologia
    1640 palavras | 7 páginas
  • Metodologia
    953 palavras | 4 páginas
  • metodologia
    470 palavras | 2 páginas
  • Metodologia
    1872 palavras | 8 páginas
  • Metodologia
    1892 palavras | 8 páginas
  • METODOLOGIAS
    2311 palavras | 10 páginas
  • Metodologia
    865 palavras | 4 páginas
  • metodologia
    4636 palavras | 19 páginas
  • O que Metodologia
    354 palavras | 2 páginas
  • metodologias
    7165 palavras | 29 páginas